segunda-feira, setembro 21, 2009

A vida de David Gale


Este filme (The Life of David Gale) é um dos meus filmes preferidos de sempre. A sua estreia ocorreu no ano de 2003, mas continua a ser uma excelente escolha para um bom serão. O filme gira à volta da história de um professor universitário que é principal figura na luta contra a pena de morte e que subitamente é condenado por um crime... à pena de morte! O desenrolar da história é deliciosamente imprevisivel e vai nos prendendo cada vez mais a atenção a cada minuto que passa (até ao último). Uns dias antes de ser executado, David Gale decide contar a sua história a Bitsey Bloom, uma conceituada jornalista, para que a sua luta não caia no esquecimento depois do descrédito a que foi sujeita por causa da sua condenação. A jornalista acaba por investigar alguns factos do crime descobrindo que há algo de errado na condenação, tendo o tempo contra ela para chegar a uma conclusão em tempo útil. Os papeis principais estão entregues a dois excelentes actores, vencedores de Óscares, que têm neste filme duas interpretações de altíssimo nível: Kevin Spacey e Kate Winslet.

É sem dúvida um filme excelente e que dá que pensar. Afinal até que ponto as pessoas estão dispostas a lutar em nome de uma causa? O que estão dispostas a fazer? Do que estão dispostas a abdicar? Vale tudo para a defender?


Nota: Assina o feed deste blog ou recebe todos os posts por email. Podes também acompanhar o blog no Twitter e no Facebook.

18 Comentários:

Vani disse...

queria ver esse filme. Mas conhecia-o por outro nome, q agora n me estou a recordar qual é...ou então estou a baralhar coisas...

Francisco Vieira disse...

Muito bom o filme que destacas aqui. Daqueles que nos prendem. Boa sugestão

Diaboderoupacurta disse...

Não conhecia, mas vou pesquisar e talvez veja (:

(Vês como até um diabo tem sentimentos?)

ADEK disse...

Adoro, adoro:D (e a dupla K&K está tão bem:D)*

Cristal disse...

Parece-me interessante. Ainda não vi.

(mas hoje tem sido um daqueles dias em que me falam do filme tal e do tal e eu não vi e não vi! :)

Crayon disse...

Muito bom mesmo ;P

Boa sugestão :D

Bjitos

Gabriella Monferrato disse...

Gosto muito do filme.

afectado disse...

vani, vê este, não te arrependerás :)

afectado disse...

francisco vieira, ainda bem que também gostaste!

afectado disse...

diaboderoupacurta, vê... depois ainda me vais agradecer :P

(eu sei que sim)

afectado disse...

ADEK, é verdade. e eu que nem sou grande fã da Kate Winslet...

afectado disse...

cristal, põe este à frente dos outros ;)

afectado disse...

crayon, obrigado :)

afectado disse...

gabriella, tendo em conta o teu bom gosto, nem esperava outra coisa de ti :)

Maldonado disse...

Vi esse filme no cine e adorei-o.
É um libelo contra a pena de morte.
As interpretações de Kate Winslet e Kevin Spacey são fabulosas.

Anónimo disse...

Efectivamente foi um daqueles filmes que me marcou... Talvez pelo curioso acaso de o ter visto numa sala de cinema completamente vazia, o que me fez "viver" algumas das cenas de forma tão intensa e subjectiva.

Até à data era uma acérrima defensora da pena de morte mas, com este filme, o que pensava como sendo "certo" deu lugar à dúvida.

Recordo que, quando descobri o seu blog, li um post relacionado com a pena de morte e, indiscutivelmente, lembrei desta película. Não sei se cheguei mesmo a comentar o que escreveu ou se o fiz apenas mentalmente.

Acompanho de perto aquilo que escreve/fotografa mas nem sempre ouso traduzir para comentário a minha opinião e, na maior parte das vezes, opto por uma posição discreta e camuflada.

De qualquer forma, achei peculiar o facto de o ler a opinar sobre este filme e decidi dar asas ao pensamento em forma de escrita.

Continuação de bom trabalho.

Cris

afectado disse...

maldonado, de facto, são dois actores talentosos.

afectado disse...

cris, é bom ler-te novamente.

este filme é muito bom e facilmente marca uma pessoa de tão bem pensado que está.

o filme levanta muitas questões sobre a pena de morte e dá que pensar no assunto. mas eu até o encarei mais na perspectiva da luta de causas... haverá lutadores assim como o david gale?

e será uma luta assim uma correcta forma de levar as suas ideias a bom porto?

muitas perguntas de diversas respostas.

obrigado pela visita regular.

Enviar um comentário

Comenta à vontade, estejas ou não de acordo com o que por cá é dito. No caso de te quereres armar em espertinho, lembra-te: "para parvo, parvo e meio". Bons comentários!

A afectar a blogosfera desde 1 de Maio de 2005. afectado@gmail.com

  ©Template by Dicas Blogger

TOPO