segunda-feira, dezembro 01, 2008

Ao cuidado do pessoal fodilhão

Hoje é o dia mundial da luta contra a SIDA e portanto pareceu-me bem que também neste blog se chamasse à atenção para um tema que toda a atenção dispensada será sempre pouca. Se há zonas do planeta onde este problema é praticamente incontrolável por razões várias, nós temos a sorte de estar num país minimamente desenvolvido para as pessoas evitarem estas ratoeiras invisíveis. Assim, este post é dirigido a todos, mas muito especialmente ao pessoal fodilhão. E que pessoal é este (perguntam vocês)? Ora bem (digo eu), são todos aqueles que fodem. Uns por responsabilidade directa, outros indirecta (muitas vezes estes não têm como evitar). Vou aqui enumerar os que têm responsabilidade directa:
- Pessoas que passam a vida de cuecas alheias em cuecas alheias;
- Pessoas que, mesmo que ocasionalmente, se envolvem com os do ponto anterior;
- Pessoas que vão agora começar uma relação e que por muito que a outra pessoa vos pareça incapaz de partir um prato devem sempre ir de pé atrás;
- Pessoas que apreciam particularmente o negócio da prostituição;
- Pessoas que estão no negócio apreciado pelas do ponto anterior;
- Pessoas que gostam de enfeitar a testa do companheiro(a);
- Pessoas que sabem que têm a testa enfeitada pelas do ponto anterior.

É possível que me estejam a escapar mais grupos de pessoas. Sintam-se à vontade para acrescentar...


Nota: Assina o feed deste blog ou recebe todos os posts por email. Podes também acompanhar o blog no Twitter e no Facebook.

4 Comentários:

Pronuncia disse...

"...nós temos a sorte de estar num país minimamente desenvolvido para as pessoas evitarem estas ratoeiras invisíveis..."
Infelizmente é um dos países ditos desenvolvidos onde este flagelo atinge mais pessoas, e isto só para falar dos que se conhecem, porque eu continuo a pensar que o que as estatísticas nos dizem é só a ponta do iceberg (1/10 à vista e 9/10 tapados).
Ainda há MUITA FALTA DE INFORMAÇÃO. Se juntarmos a isto o nº de grávidas adolescentes (a maior da Europa) então já vês como estamos mesmo muito mal.
Por estas e por outras tomo a liberdade de acrescentar ao pessoal "fodilhão" todos aqueles que tem responsabilidades directas em fornecer a informação e fazer com que ela passe e nada fazem. Esses apesar de não "fazerem sexo" directamente com os possíveis contagiadores e contagiados, garanto-te que os (e nos) "Fodem" da pior maneira possível.

Thunderlady disse...

Agora assim de repente e sem querer parecer uma militante de um qualquer partido cujos ideias estão algures longe dos meus... não me vou manifestar. Há boas oportunidadesm para ficar calada e esta é uma delas.

Concordo com o que dizes, e anda tudo com a mania que está seguro e que não há problema nenhum. O tanas é que não há! Cada vez há mais problema apesar de cada vez se saber mais. Não se compreende como é que se continua a cair no que chamas de ratoeira invisível. Se antes a culpa era o desconhecimento de quem é a culpa agora?

Charmoso disse...

É impressão minha ou o teu post está, e com bastante surpresa para mim, repleto de apontadedismos preconceituosos?

Hm. Parece-me mal!

Mas se a tua opinião é meter todos esses grupos no mesmo saco, e catalogar o risco das pessoas pelo que fazem, então eu sou obrigado a considerar-te um elemento de risco. Podes muito bem ter uma relação duradoura, a pessoa estar infectada, e só saberes montes de tempo depois.

Informação Afectado. Informação!

abraços

(e respeito a tua opinião de qualquer das formas - com preservativo claro)

afectado disse...

charmoso, tal como disse na primeira parte, isto é para todos os fodilhões, ou seja, todas as pessoas que fodem. todas.

depois enumerei aquelas que podem ter responsabilidades directas. mas não tenho nada contra ninguém daqueles grupos, cada um manda em si. apenas penso que deviam usar sempre o preservativo, pois não é só a sua vida que está em jogo.

Enviar um comentário

Comenta à vontade, estejas ou não de acordo com o que por cá é dito. No caso de te quereres armar em espertinho, lembra-te: "para parvo, parvo e meio". Bons comentários!

A afectar a blogosfera desde 1 de Maio de 2005. afectado@gmail.com

  ©Template by Dicas Blogger

TOPO