segunda-feira, março 29, 2010

Elogio ao Brasil

O Brasil, que segundo consta lá para 2030 será uma super potência mundial, dá-nos lições em algumas coisas. Uma das quais, e que venho a reparar há alguns anos, é a partilha de conhecimento. Na internet é uma aflição para encontrar informação técnica disponibilizada por portugueses, já por brasileiros até se tropeça na dita. E isso não significa que eles ponham coisas à sorte, muito longe disso. É tudo uma questão de partilha da informação, e pelos vistos há portugueses que a pretendem levar para a cova.


Nota: Assina o feed deste blog ou recebe todos os posts por email. Podes também acompanhar o blog no Twitter e no Facebook.

25 Comentários:

Lady Me disse...

So true! Tenho um prof que nem os diapositivos das aulas em formato digital partilha com medo que os alterem! E muita dessa informação é muito boa, já fiz muito trabalhos baseados em autores brasileiros e renderam boas notas!

Anne disse...

nao nos podemos esquecer tambem de um pequeno pormenor. o brasil tem uma população muito superior à de Portugal, logo é normal que haja mais informação a circular, são muitos mais milhões a partilhar...

LBJ disse...

Eu ia dizer exactamente o que a Anne disse. É um pequenino enorme pormenor, faz as contas de modo porcentual e vais ver que até partilhamos muito mais que os Brasileiros.

afectado disse...

lady me, been there, done that!

afectado disse...

anne, mesmo tendo isso em conta. a mentalidade relativamente ao conhecimento é outra.

afectado disse...

lbj, olha que não...

Dylan disse...

Sem dúvida. Tenho também a dizer que respeitante à medicina e ao sector farmacêutico, têm grande avanço científico. Por exemplo, possuem medicamentos desconhecidos para nós, e por inerência, mais facilidade em erradicar certas doenças.

Dylan disse...

Ah, e para o brasileiro, partilhar é uma espécie de obrigação.

Cirrus disse...

A questão não se põe pelos números. A população deles é maior, sim, mas nós somos e seremos sempre os imprescindíveis. Basta olhar para o que se passa nas empresas, em que às vezes sai um elemento e perde-se todo o saber. As universidades brasileiras são verdadeiras enciclopédias do saber. Milhões de teses e relatórios estão disponíveis. Aqui, temos de ter uma autorização do conselho de reitores, e às vezes pagar. A verdade pode doer, mas nesse aspecto eles estão muito à frente. E não será por acaso que são, tecnologicamente, dos países mais avançados do mundo de forma consistente. Nós... somos muito bons, mas só para nós, não vá alguém roubar a ideia.

Bombas disse...

Pois, os portugueses são muito imprescindíveis...

Até ao dia...

Miss Kin disse...

Também já tinha reparado nisso...

melisand disse...

Eu acho que os portugueses também partilham...

A diferença é que nós temos uma cultura que se for preciso lemos, escrevemos em inglês.

Disseram-me que o Brasil por lei tem que traduzir para o português.

Acho eu...

Blondie disse...

Os portugueses são egoístas e mesquinhos (Desculpem-me a frontalidade). Se assim não fosse, não tínhamos desperdiçado metade do mundo com idiotices.

Beijos

loira disse...

Na minha área o único problema é a tradução literal que os brasileiros fazem, prefiro por vezes ler os documentos em inglês do que em "Brasileiro". Tal como muitos dos trabalhos que cá se fazem, são em inglês, daí ser difícil encontrar coisas em Português de Portugal.

afectado disse...

dylan, ninguém pára o brasil, ninguém pára o brasil... :)

afectado disse...

cirrus, exactamente, aqui para se ter um artigo cientifico disponível é um cabo dos trabalhos.

afectado disse...

bombas, nem mais...

afectado disse...

miss kin, quando precisamos procurar algo, acaba por ser notório.

afectado disse...

melisand, a questão não é de nós escrevermos em inglês.

afectado disse...

blondie, pelo menos relativamente ao conhecimento, são.

afectado disse...

loira, eu refiro-me a documentos originalmente escritos por eles.

melisand disse...

Eu sou sincera... quando me deparo com "problemas técnicos" (que são praticamente quase todos os dias), faço uma pesquisa no Google e sempre em inglês. Normalmente encontro o que preciso mas nunca me passou pela cabeça redigir um documento para partilhar isso.
Não me considero egoísta por isso. Nisso sim há que dar os Parabéns ao Brasil porque qualquer coisa eles colocam na Internet. :)

AUFDERMAUR disse...

Se há coisa que os brasileiros adoram é partilhar! Até se partilham uns aos outros, na boa!

afectado disse...

melisand, eu também pesquiso em inglês, hoje em dia isso é fundamental.

não se trata de redigir algo que saibas para ficar online, trata-se sim de partilhar informação que publicaste em artigos científicos e afins. isso não depende de ti, depende essencialmente das universidades, instituições, etc.

afectado disse...

aufdermaur, isso é que pronto... :P

Enviar um comentário

Comenta à vontade, estejas ou não de acordo com o que por cá é dito. No caso de te quereres armar em espertinho, lembra-te: "para parvo, parvo e meio". Bons comentários!

A afectar a blogosfera desde 1 de Maio de 2005. afectado@gmail.com

  ©Template by Dicas Blogger

TOPO