segunda-feira, setembro 07, 2009

Eles é que a sabem toda

Há uns tempos gerou-se um movimento de entusiasmo à volta dos Xutos e da música Sem Eira nem Beira em que muita gente via nela uma música de contestação ao governo actual. Talvez um pouco sugestionados pela frase "Sr. Engenheiro, dê-me um pouco de atenção", apesar de por aí ser óbvio que a música não podia ser dirigido ao Sr. Sócrates. A mim, como cheguei a escrever por cá, só com muita boa vontade é que me pareceria algo infimamente parecido com uma música de contestação/protesto. Sabe-se agora que os Xutos até apoiam o Sr. Sócrates nestas eleições, o que me leva a indagar se ainda haverá quem esteja convencido de algum sentido contestatário naquela música. Espero bem que não.


Nota: Assina o feed deste blog ou recebe todos os posts por email. Podes também acompanhar o blog no Twitter e no Facebook.

30 Comentários:

AUFDERMAUR disse...

Já sei que este meu comentário vai irritar muita gente mas é a minha opinião! Os Xutos estão em qualquer feirinha que os convide e lhes pague. O Zé Pedro até foi tocar num concerto dos D'Zert!
O marketing criou essa ideia da música ser de contestação e eles, como viram os benefícios que iam tirar daí, deixaram-se ir na onda.
Está dito! Os fãs de Xutos que me desculpem :)

Cirrus disse...

Meu caro amigo, como já tinha opinado aqui, nunca os Xutos foram contra a corrente e a música nunca foi de protesto. Mais: foi eliminada das play-lists porque... era fraquinha...

Sei que o Zé Pedro até já apareceu em comícios do PS e que agora arrastou o resto da banda. Estive para fazer um post sobre isso a semana passada, mas não tive aquele tempo todo.

Aconselho aqueles que tão afincadamente se apressaram a eleger a musiquinha fraquinha como hino contra a censura a tirá-la, se não querem ser confundidos com apoiantes da mesma...

;)

Gabriella Monferrato disse...

Os Xutos são uns interesseiros! E se o Afectado me permite praguejar, gostaria de dizer o seguinte: "Vão pró cabrão c'os vendeu!"

Francisco Vieira disse...

Afectado, concordo contigo e com o Cirrus, mesmo sabendo que concordar com o cirrus pode ser sinonimo de "entregar o corpo ao manifesto" :-)
Abraço

Cirrus disse...

Eh, Francisco, essa foi de mau gosto! Quando considerares impróprio concordar comigo, estás à vontade para discordar!

;D

Afectado, desculpa!

PDuarte disse...

JÁ NÃO HÁ SENTIDO CONTESTATÁRIO EM LADO NENHUM.

Vani disse...

ahahahahah, estou de acordo com aufdermaur. IMAINADA!

forteifeio disse...

afectado

apoiaram?

desculpa a minha ignorância, onde está isso?

é que se fôr assim eu vou querer fazer um post

Dylan disse...

Ei, Afectas,

Mereces um chuto e um pontapé! Isto era segredo de Estado...

Daqui a pouco vais dizer que o Fausto e o Janita Salomé apoiam o PP!

AHAHAHAHAHAHAHAH

afectado disse...

AUFDERMAUR, exactamente, eles aproveitaram a onda que se gerou sem justificação alguma.

afectado disse...

cirrus, bom desafio esse :)

afectado disse...

gabriella monferrato, o afectado (já pareço o miguel veloso a falar na terceira pessoa) permite tudo. faz de conta que estás em casa :)

afectado disse...

francisco vieira, o corpo nunca se entrega ao manifesto :P

afectado disse...

pduarte, no teu blog ainda :)

afectado disse...

vani, a aufdermaur costuma dizer umas coisas acertadas :)

afectado disse...

forteifeio, ouvi estes dias na rádio, salvo erro a antena 1 ou tsf a falarem disso. procurando no google, encontrei isto: http://penichequemteviuequemteve.blogs.sapo.pt/26009.html

além disso, os xutos têm tocado em coisas da JS e salvo erro do PS também. até deu para o sócrates dizer que gosta muito da música deles, com eles por perto e tudo.

afectado disse...

dylan, ai era? :P

forteifeio disse...

afectado

muito obrigado

Pronúncia disse...

E agora chegou a voz discordante... eu!

O Zé Pedro já era simpatizante do Sr. Sousa mesmo antes da música surgir.

Se os Xutos são ou não apoiantes do PS, não sei. Sei que são uma banda e uma banda dá concertos, por caridade, por simpatia ou a quem lhes paga.
Acredito que até sejam votantes no PS, estão no direito deles.

Quanto à música, fui, e sou daquelas que acha que a música pode ser contestatária. Se eles a fizeram com essa intenção ou não, admito que não, que tenham aproveitado a onda e feito algo vendável (e eu até posso ter sido ingénua e acreditado que não, que queriam mesmo era contestar).
O que pelos vistos conseguiram, porque o CD vendeu graças a essa música e mais nada.

No que me diz respeito, para eu gostar de uma música tenho que sentir algo quando a ouço, seja pela música seja pela letra. Se juntar as duas, óptimo.
No caso, a letra diz-me alguma coisa... o estado a que este País chegou e aponta alguns dos culpados!

Para uma música ser contestatária não basta que o artista/poeta queira ou a faça com essa intenção, é preciso que o público a adopte como tal. Parece-me, que na altura foi o que aconteceu, muita gente, incluindo eu identifiquei-me com aquela letra.

Olha o hino do PS, por exemplo, de certeza que não foi para ser a "música do PS" que os Vangelis o escreveram, mas se perguntares à maioria das pessoas que música é aquela, não te admires se te responderem "Oh! Essa?! É a música das campanhas eleitorais do PS, claro!"

Desculpa lá o tamanho do comentário, mas teve que ser :)

Pronúncia disse...

Cirrus, há músicas bem mais fracas que fazem parte das play-lists. Aliás o que por lá não falta é ruído com o título de música. Por isso não me parece que a questão de não passar seja essa, aliás passaram algumas do último CD deles bem piores.

afectado disse...

pronúncia, se o cd vendeu por essa música, até temo ouvir as outras músicas :)

eu nunca consegui ver ali uma música de contestação a algo. e tenho para mim que se na letra não tivesse "sr engenheiro", não tinha tido esta adesão toda à tese de que a música era contestatária.

Dylan disse...

Querem música de intervenção, aqui têm:

http://www.youtube.com/watch?v=qjo3YJOQpII

afectado disse...

dylan, tu lá sabes no que andas metido :P

Cirrus disse...

Ora, ora, pronúncia, que mau perder, porra! Além de não ser contestatária, a música em questão é apenas um aproveitamento comercial da situação política, o que ainda consegue piorar mais as coisas.

Pronúncia disse...

Cirrus, aí está um argumento que já sou capaz de ponderar... ;)

Afectas, desculpa a ocupação do espaço... ;)

Lily disse...

O pessoal adora armar teorias da conspiração...
Enfim...não há muito a dizer de interessante sobre isto...

Miss Kin disse...

Não é contestatário, foi a música que escreveram sobre a conversa que tiveram com o seu amigo Sr Eng. Sócrates. ;)

afectado disse...

cirrus e pronúncia, estejam à vontade :)

afectado disse...

lily, de facto não...

afectado disse...

miss kin, foi foi :P

Enviar um comentário

Comenta à vontade, estejas ou não de acordo com o que por cá é dito. No caso de te quereres armar em espertinho, lembra-te: "para parvo, parvo e meio". Bons comentários!

A afectar a blogosfera desde 1 de Maio de 2005. afectado@gmail.com

  ©Template by Dicas Blogger

TOPO