terça-feira, julho 28, 2009

Complicadex

Agora é comum a entrega de documentos e propostas se fazer pela internet, seja por email ou através dos diversos portais que foram surgindo para o efeito. Isto para mim parece-me muito positivo por variadas razões que não vou enumerar senão ainda desistiam de acompanhar o post até ao fim. Claro que dá origem a algumas habilidades novas, mas é melhor não falar nisso senão amanhã ainda apareço com as tripas de fora numa qualquer esquina de Braga. O que é engraçado é reparar que algumas empresas ditas enormes ainda não se adaptaram a esta realidade e como é que fazem para entregar um documento de word de modo a ser apenas de leitura? Convertem-no para pdf, pensam vocês. E pensam muito bem! A forma como o fazem é que é um tanto ou quanto curiosa. Em vez de usarem um dos muitos freewares que fazem esse serviço em 10 segundos, optam por imprimir tudo, de seguida digitalizar tudo, e pronto, já está. Isto não seria assim tão giro se não tivéssemos a falar de situações em que o número de páginas anda entre as 500 e as 1000.

Além de todo o trabalho extra que isto implica, há mais um pormenor... a qualidade do pdf fica muito prejudicada. Para perceberem melhor a ideia, isto é como irem à casa de banho, terem papel higiénico ao lado, mas preferirem limpar-se com os dedos e depois sim, limpar os dedos ao papel higiénico. Ou seja, funciona, mas dá mais trabalho e fica uma cagada!


Nota: Assina o feed deste blog ou recebe todos os posts por email. Podes também acompanhar o blog no Twitter e no Facebook.

18 Comentários:

Sara non c'e disse...

Diz-me que isso não acontece mesmo... Como é possível tamanho desperdício? Já terão essas pessoas ouvido falar de uma cosia chamada Google?!

afectado disse...

sara non c'e, eu até poderia dizer que não acontece, mas estaria a mentir!

opinião própria disse...

Realmente o "portuga" tem a qualidade de saber fazer render o trabalho e de o complicar...

afectado disse...

opinião própria, isto até é capaz de ser bom... pode ser que assim se criem mais alguns postos de trabalho hehehehe

Cirrus disse...

A verdade é que acontece e com muita frequência. E tu falaste de empresas "ditas enormes". Ora eu trabalho numa dessas empresas, e não faço isso. Mas recebo toneladas de Concursos Públicos em pdf nessas tristes condições... Fazer o quê??

Pronúncia disse...

Afectas, está visto que não davas um bom ministro da Economia ;D

Passo a explicar.
Se acabarem com esse procedimento de fotocopiar e depois digitalizar, então as pessoas que fotocopiam e digitalizam não são necessárias, podem ser despedidas. Se forem despedidas gastam menos dinheiro, logo diminui o consumo e isso é mau para a Economia.

Por outro lado, a fotocopiadora tem menores consumos. O que é que isso provoca? Menor manutenção e menor gasto em tonner, e claro o consumo de papel também diminui. As empresas que fornecem esses serviços, as indústrias das máquinas e consumíveis e a do papel teriam lucros mais baixos, o que faria com que investissem menos e quiça tivessem de despedir pessoal. Tudo isto é mau para a Economia.

Por último, se alguém na empresa se aperceber que está a desperdiçar tempo e dinheiro com esse procedimento e adoptar o pdf, então os consultores também deixam de ser precisos.

Pensando bem, tu além de dares um péssimo ministro, és um perigo público para a Economia!

Pára lá de pensar... ;D

afectado disse...

cirrus, claro que nem todas fazem isso, felizmente. a minha não é enorme e não o faz :)
e hoje vi algumas enormes que fazem e outras que não. quem sabe não seria a tua uma delas :P

afectado disse...

pronúncia, esta minha mania de inventar coisas malucas como utilizar um programita grátis para converter de word para pdf... sou mesmo parvo.

Cor do Sol disse...

O povo tem que ter que fazer.

Vani disse...

E não convertem o ficheiro word directamente para pdf porque? Ou ficheiro word só de leitura?...
Bem, na era da net eu ainda recebo papelada por carta registada...pobres àrvores...
E o que dizer de projectos de arquitectura ou eng civil, que já podem ser comodamente trabalhados e visualizados em AUTOCAD, mas que têm de ser imprimidos para envio?? E que nas camaras, não existe esse AUTOCAD para fazer o raio de umas medições, e têm de contratar uns desgraçados para passar o dia de régua,lápis e calculadora, a medir centenas de dezenas de projectos?...

loira disse...

Acabei de imaginar a ultima parte da descrição e não me sinto em condições para formar uma opinião decente.
Acho que não vou almoçar hoje... :/

Pipi disse...

Eu que sou um 0 a informática já sei guardar como pdf há muito...quem tiver o vista nem precisa de freewares...Quanto ao papel higiénico...era preciso ser muito narcisista para preferir limpar-se com os dedos só para sentir o seu belo rabinho em vez de usar uma folhinha scotex:)

Miss Kin disse...

Pior pior é mesmo o coitado que tem esse rico servicinho!

afectado disse...

cor do sol, bora inventar mais inutilidades então :)

afectado disse...

vani, sei tão bem do que falas :)

afectado disse...

loira, cuidado com a dieta :P

afectado disse...

pipi, mas se há masoquistas para isto... :P

afectado disse...

miss kin, antes esse que nenhum hehe. mas deve ser algo frustrante, isso deve.

Enviar um comentário

Comenta à vontade, estejas ou não de acordo com o que por cá é dito. No caso de te quereres armar em espertinho, lembra-te: "para parvo, parvo e meio". Bons comentários!

A afectar a blogosfera desde 1 de Maio de 2005. afectado@gmail.com

  ©Template by Dicas Blogger

TOPO