segunda-feira, setembro 22, 2008

Sobre as acompanhantes de luxo II


Fica aí mais um exemplo de uma acompanhante de luxo. Mas esta não tem nível, ao que parece os seus clientes não procuravam apenas companhia (como em Portugal) mas sim sexo e cocaína. Acompanhante sem nível é o que é. Nada a ver com as portuguesas (e não portuguesas a exercer em Portugal).


Nota: Assina o feed deste blog ou recebe todos os posts por email. Podes também acompanhar o blog no Twitter e no Facebook.

4 Comentários:

Blackstar disse...

As nossas sabem conversar... São umas senhoras! ;)

Salto-Alto disse...

É um assunto sobre o qual eu não entendo muito. Mas pela descrição desta "senhora", acompanhante de luxo não tem nada!!!

Crest© disse...

"Fernanda tem 26 anos, está inscrita em, pelo menos, cinco agências londrinas de "acompanhantes" e faz de vida de prostituta cara(...)Cobra um mínimo de 580 euros por hora aos clientes que recebe no seu luxuoso apartamento em South Kensington"


Ora aqui está um exemplo flagrante.
Esta menina, não é acompanhante de luxo é sim uma prostituta de luxo. Ela não faz serviço nenhum de acompanhamento, mas unicamente abertura de pernas na sua própria casa!

Uma acompanhante é para a vida social, em eventos, restaurantes, serve para "enfeitar" a pessoa que lhe paga.
Há acompanhantes e "acompanhantes". Apesar das aspas, poderem confundir, acho que as diferenças são óbvias.

O principal problema é que muitas agências não têem o mínimo de escrúpulos, não sabem sequer quem são essas senhoras. Nunca aqui na Alemanha, ela poderia estar inscrita em 4 agências, pois tem um contrato de trabalho a respeitar. Além disso 4 agências seriam 4 empregos, 4 vezes que descontaria, 4 seguros de trabalho, 4 declarações de impostos, o desrespeito pela principal clausula de trabalho aqui existente que iria resultar na sua ruína financeira.

Por exemplo, quem trabalha num escritório, se precisar de dinheiro, nunca poderá trabalhar fora de horas para a concorrência, não pode sequer arranjar um trabalho num bar ou discoteca, pois isso colocaria em causa as horas de descanso e o seu rendimento no escritório.

É tudo uma questão de leis bem escritas, orientadas por um velho ditado Alemão, "confiança é bom, mas controlo é melhor".

Anónimo disse...

bem com o dinheiro que elas fazem se eu tive se corajam tambem o faria!alias muitas de nos nus deita-mos com narorados que nao nos dao nada

Enviar um comentário

Comenta à vontade, estejas ou não de acordo com o que por cá é dito. No caso de te quereres armar em espertinho, lembra-te: "para parvo, parvo e meio". Bons comentários!

A afectar a blogosfera desde 1 de Maio de 2005. afectado@gmail.com

  ©Template by Dicas Blogger

TOPO