terça-feira, maio 24, 2011

As vacas que falam

Hoje vi três vacas em forma de mulher a criticarem uma mãe por ter deixado uma criança sozinha que entornou uma sopa quente sobre si própria. Convém enquadrar: a mãe estava a 3 metros de distância, foi apenas pedir um café e sempre com a criança à vista. Claro que se podia ter lembrado de afastar um bocado a sopa, mas porra, até parecia que tinha cometido um crime descomunal (e que há forma de sempre evitar que as crianças façam asneiras). E ali estavam as três vacas a criticar, com ar de quem pensa saber tudo e que tem o dom da razão. É uma pena o FMI não aceitar o pagamento do empréstimo em gado bovino, estavam ali três belos exemplares para a primeira prestação.


Nota: Assina o feed deste blog ou recebe todos os posts por email. Podes também acompanhar o blog no Twitter e no Facebook.

6 Comentários:

Malena disse...

Aposto que não são mães!!!

Allie disse...

Quem muito fala dos outros, tem muito a esconder. A vida tem-me provado isso.

Lillipops disse...

Os azares que acontecem aos outros podem sempre ser evitados, julgar não custa...
O problema é quando acontecem aos bovinos, nessa situação era sempre algo inevitável, não havia volta a dar à situação.

Margarida disse...

Estar de fora é sempre mais fácil, além de que, normalmente os que ouvem as críticas e as acompanham, têm mais a corrigir e a ter em atenção, do que aqueles que julgam no momento...
Gostei da parte do pagamento ao FMI em gado bovino :)

Dylan disse...

Ontem também vi na TV duas vacas a espancarem cobardemente uma adolescente, com um boi a filmar e o restante gado a assistir!

Sandra. disse...

:))

ehehehe E faziam MUUUUUUUUUUUU???

jolas (= beijolas)

Enviar um comentário

Comenta à vontade, estejas ou não de acordo com o que por cá é dito. No caso de te quereres armar em espertinho, lembra-te: "para parvo, parvo e meio". Bons comentários!

A afectar a blogosfera desde 1 de Maio de 2005. afectado@gmail.com

  ©Template by Dicas Blogger

TOPO