segunda-feira, setembro 27, 2010

A lição que vem das profundezas

Ao ler a reportagem da Sábado da semana passada sobre os mineiros soterrados que continuam à espera de salvamento, não pude deixar de pensar na lição de vida que nos tem chegado todos os dias das profundezas do Chile. A forma como se organizaram, a esperança que mantêm, o valor que dão a pequenas coisas como poder assistir à derrota da sua selecção frente à Ucrânia, a entre-ajuda existente, as palavras, mais sentidas que nunca, que escrevem para quem os espera cá fora, tudo isto devia-nos ensinar algo. Talvez até ensine, mas depressa esquecemos. É mais fácil fazer de conta.


Nota: Assina o feed deste blog ou recebe todos os posts por email. Podes também acompanhar o blog no Twitter e no Facebook.

4 Comentários:

Poetic GIRL disse...

A maior lição que nos dão é o controle das emoções, é o não deixarem-se levar pelo pânico. Se fosse comigo não sei se conseguiria ter tanto controle emocional. É de louvar sim o comportamento deles, e o espírito de grupo que reina entre eles, sem perder tempo com baboseiras. bjs

AUFDERMAUR disse...

Eu acho que quase todos nós sabemos essa lição, a diferença está entre aqueles que a põem em prática e os que não o fazem.

afectado disse...

poetic girl, dão várias...

aufdermaur, quem a põe em prática?

Manu World disse...

afectas....já pensei tantas x's no ke aki escreveste....
e dou-te razão...
qd se está entre a vida e a morte,zelar pela vida é o + importante....e td o resto é tão pekenino...!!!
:))

Enviar um comentário

Comenta à vontade, estejas ou não de acordo com o que por cá é dito. No caso de te quereres armar em espertinho, lembra-te: "para parvo, parvo e meio". Bons comentários!

A afectar a blogosfera desde 1 de Maio de 2005. afectado@gmail.com

  ©Template by Dicas Blogger

TOPO