segunda-feira, fevereiro 01, 2010

Lápis rosa

O "problema" Manuela Moura Guedes desapareceu. O problema José Eduardo Moniz foi "solucionado". O Jornal de Sexta da TVI passou a ser um jornal à sexta-feira e deixou de ser "um problema". Foi-se o "problema" que era o Director do Público. Agora, que o "problema" Marcelo Rebelo de Sousa começou a ser resolvido na RTP, o Primeiro Ministro de Portugal, o Ministro de Estado e o Ministro dos Assuntos Parlamentares que tem a tutela da comunicação social abordam com um experiente executivo de TV, em dia de Orçamento, mais "um problema que tem que ser solucionado". Eu. Que pervertido sentido de Estado. Que perigosa palhaçada. [link]


Nota: Assina o feed deste blog ou recebe todos os posts por email. Podes também acompanhar o blog no Twitter e no Facebook.

12 Comentários:

Raul disse...

Quem foi que disse que o Estado é pessoa de bem? Quem foi que disse que devemos confiar nas instituições? Quem foi que disse que em Portugal não há corrupção? Quem foi que disse que a comunicação social não é controlada pelos senhores do governo? Quem foi que disse...? hum? Eu não

afectado disse...

raul, eu não.

johnny disse...

Mais uma defesa do Sócrates, é a terceira nesta passagem pelo reader. Acho graça ao Mário Crespo, até acho graça à forma como escreve e apresenta os noticiários, apesar de lhe notar grandes falhas na preparação dos temas que trata... pelo menos de alguns que vi, e partilho as preocupações relativas à Liberdade de Imprensa, mas parece-me estranho que alguém queira impedir a publicação de um artigo, quando há mil e uma formas de o tornar público e parece-me estranho que o seu artigo tenha sido publicado na íntegra, com imediatez, na página do Instituto Sá Carneiro.

Mário Crespo até pode ter razão, mas a forma como insinua, tanto neste texto como no artigo do palhaço ou o do "imaginemos que o ministro não me ligou", é de baixo nível.

afectado disse...

johny, quanto à não publicação do artigo, podes ver mais aqui: http://jn.sapo.pt/info/NotaDireccao20100201.aspx

quanto ao que dizes, o que é estranho é que já são vários os casos. daí eu ter citado a passagem que citei, e não outra qualquer do texto.

Bruno disse...

Um trafulha está sempre pronto para trafulhar. E há gente que não olha a meios para atingir os fins. Quem conhece o modus operandi socretino percebe bem que eles utilizam a técnica da bomba de neutrões. O objectivo é aniquilar tudo o que está à volta e seguir desgovernando e rindo. Relembro aqui aquele sábio pensamento de uma grada figura socialista: "Quem se mete com o PS, leva". E leva mesmo...

afectado disse...

bruno, essa do "quem se mete com o ps, leva" vai ficar para a história :)

Vani disse...

Mas quem vai à guerra dá e leva.

Vani disse...

(ou seja, quem se mete com o PS apanha, mas também distribui uns sopapos)

Quando à credibilidade do PS ou do pseudo 1º ministro, bem que podiam implantar uma nova república. Rapidamente.

Vani disse...

Bem que a de Marte estava a avisar o pessoal eheheh, mas não sabia desta. Gracias, afectas :)

afectado disse...

vani, de nada!

AUFDERMAUR disse...

Ui ui!!! Essas tuas afirmações, ainda por cima a negrito, fazem-me imaginar que mais dia menos dia alguém para os lados de Braga vai pelo mesmo caminho...

afectado disse...

aufdermaur, lol, nada disso, eu não sou relevante para a politica nacional...

Enviar um comentário

Comenta à vontade, estejas ou não de acordo com o que por cá é dito. No caso de te quereres armar em espertinho, lembra-te: "para parvo, parvo e meio". Bons comentários!

A afectar a blogosfera desde 1 de Maio de 2005. afectado@gmail.com

  ©Template by Dicas Blogger

TOPO