quinta-feira, dezembro 17, 2009

E depois, entranha-se?

No dia em que passou a ser permitido em Portugal o casamento entre pessoas do mesmo sexo, surge uma notícia acerca da nova modalidade que poderá constituir mais uma causa fracturante... o casamento entre seres reais e virtuais. Hoje isto pode nos parecer descabido e ridículo, mas se calhar é mais ou menos a mesma sensação que outras pessoas tiveram há muitos anos atrás relativamente ao casamento entre pessoas do mesmo sexo.


Nota: Assina o feed deste blog ou recebe todos os posts por email. Podes também acompanhar o blog no Twitter e no Facebook.

27 Comentários:

Vani disse...

AAAAAAAAAAH quer dizer que posso casar com o super homem, se quiser???? e com um vampiro do crepusculo, posso?? e com um lobicoiso do lua nova, posso?? e com o tio patinhas??? será que se ele fanicar fico com a caixa forte do sovina? não? então quero o rei artur, sff.

Raul disse...

enfim...

Vani disse...

Ao mesmo tempo, o papa vai proibir o casamento entre baptizados e não baptizados.

Interessante. Enquanto que o mundo caminha para uma nova era, o papa enterra o catolicismos ainda mais no passado.

afectado disse...

vani, podes... e com o capitão américa também!

afectado disse...

raul, pois.

afectado disse...

vani, é caso para dizer que o casamento é o assunto do momento.

loira disse...

Para mim casamento é assunto para fugir! :)

e-Pombo disse...

Estava a pensar casar com a CatWoman, mas depois se nos divorciássemos teria de dar algum género de pensão ao "inventor" da mesma :P

Nina disse...

Se calhar entranha-se mesmo... hoje em dia já nada me espanta. Mas que é bizarro, é!:-)

afectado disse...

loira, normalmente as pessoas que dizem isso são as que mais depressa vão parar ao altar :)

afectado disse...

e-pombo, a catwoman seria uma bela escolha hehe

afectado disse...

nina, pois é... mas quantas coisas não começaram por ser bizarras e depois tornaram-se normais? ;)

Diaboderoupacurta disse...

Não vejo qual o problema do casamento entre duas pessoas. Cagando na definição da igreja, só há casamento quando duas pessoas que gostam uma da outra decidem ficar juntas. Tanto faz se é homem ou mulher. Se gostassemos todos do mesmo é que era um problema...

afectado disse...

diaboderoupacurta, para mim não tem problema algum.

H4rdDrunk3r disse...

OMG, já vi de tudo, mas isto... Jeeez!

mjf disse...

Olá!
Talvez os divorcios diminuissem:=)))

Beijocas

Daniela Ramalho disse...

mas hoje não passou a ser permitido o casamento entre pessoas do mesmo sexo em portugal... infelizmente parece que ainda vai demorar algum tempo.
além disso, como só têm personalidade jurídica as pessoas físicas já nascida e só têm capacidade para casar as pessoas a partir dos 16 anos, salvo com autorização dos representantes legais, então não será nunca de todo possível casar com pessoas virtuais... uma coisa são discriminações de facto, outras são incapacidades totais :p

afectado disse...

mjf, é bem provável :)

afectado disse...

daniela ramalho, os nossos bisavós também diriam que não seria de todo possível duas pessoas do mesmo sexo casar :)

afectado disse...

h4rddrunk3r, há cada maluco :D

Cirrus disse...

Japoneses são malta muito estranha... O português gosta de ser real. Pelo menos de vez em quando.

afectado disse...

cirrus, lá virá o dia...

Dakota disse...

Sim, depois entranha-se ... como tudo na vida.
Por mim, as pessoas podem fazer o que quiserem, desde que não matem, abusem ou maltratem e adultos (mais fragilizados) ... De resto, todos têm direito à felicidade.

Dakota disse...

... abusem ou maltratem crianças ...
(faltou-me esta palavra)

Pronúncia disse...

Pois é, o japonês que quer casar com a noiva virtual do second life e a fulana (já não sei de onde) que quer casar com uma almofada, mas não se pense que é uma almofada qualquer, é AQUELA almofada que lhe faz companhia há muitos anos (li isto algures)!

Já houve divórcios com uma das partes a alegar que a outra a traia com uma personagem virtual, agora o que se começa a falar é de possíveis casamentos real/virtual.

Por mim que casem todos com quem quiserem, seja real ou virtual. Se ambos forem reais, desde que ambos queiram, por mim tudo bem. Se for virtual desde que um queira, por mim tudo bem na mesma.

O que importa é que sejam felizes, e se assim o são... maravilha! :)

afectado disse...

dakota, concordo!

afectado disse...

pronúncia, isso mesmo, que sejam felizes!

Enviar um comentário

Comenta à vontade, estejas ou não de acordo com o que por cá é dito. No caso de te quereres armar em espertinho, lembra-te: "para parvo, parvo e meio". Bons comentários!

A afectar a blogosfera desde 1 de Maio de 2005. afectado@gmail.com

  ©Template by Dicas Blogger

TOPO