sexta-feira, agosto 14, 2009

Sem rasto

A blogosfera, apesar de todas as coisas positivas que tem, também pode ser um meio algo estranho. Uma pessoa habitua-se a ler outra e de repente, sem ser um fim planeado, a outra pessoa simplesmente não escreve mais. Nem tem que o fazer, perceba-se. Mas o que é certo é que ficamos sem saber se foi por opção, por falta de tempo, por doença ou mesmo por uma fatalidade. Simplesmente não sabemos. Como não sabemos hoje, o mais provável é nunca mais o descobrirmos.

E assim, como deixamos as pessoas que lemos entrar nos nossos hábitos diários, temos que estar sempre prontos para as deixarmos partir, ainda que sem saber para onde, quando, porquê e por quanto tempo.


Nota: Assina o feed deste blog ou recebe todos os posts por email. Podes também acompanhar o blog no Twitter e no Facebook.

34 Comentários:

mjf disse...

Olá!
A pessoa que deixa de escrever deve uma simples explicação aos seus leitores...
Nem que não seja verdadeira:=((

Beijocas

dermatologistested disse...

pois...uma pessoa habitua-se... e depois ploffffffff, foi-se! comungo da sua preocupação! os desaparecimentos virtuais são tramados!

Rafeiro Perfumado disse...

Tirando os motivos de morte, que são quase desculpáveis, acho que fica bem uma explicação para quem termina um blog, isso se entretanto desenvolveu um laço com os seus leitores. Garanto que farei isso, e espero o mesmo de ti! ;)

Abraço!

loira disse...

Também detesto quando isso acontece, por isso aí de ti que fujas sem dizer para onde vais!! :p

Dylan disse...

Essas coisas são perfeitamente normais. Não há que levar a mal. Uns desaparecem, outros aparecem pela primeira vez. Imagina um negócio, onde a clientela é diversificada.

Cirrus disse...

Nunca tinha pensado muito nisso, mas é possível que tenhas razão. Mas, como bem diz o Dylan, uns vêm, outros vão e outros ainda antes pelo contrário. É mesmo como um negócio, de facto...

Vani disse...

Bem... don't cry for louie... :D

Na verdade, tenho de confessar que penso o mesmo. Uma pessoa fica sempre meio triste quando alguém deixa de escrever, especialmente alguém com quem acaba por desenvolver laços.

No fundo, cada bloguer tem uma responsabilidade com os seus leitores e uma explicaçãozita ficava, no mínimo, bem...

Mas, cada um escolhe os seus caminhos, né?

Se calhar é só falta de tempo ou inspiração :)

Maria Manuela disse...

Porra eu já me expliquei mais vezes que a cuca! Mas lembra-te que por vezes há situações que não permitem ao autor prestar grandes esclarecimentos públicos (quer no seu blogue quer na caixa de comentários alheia), sim porque anda por aí gentinha muito tarada nessa blogo fora. Mas se estás preocupado e tens o e-mail, escreve-lhe. Quanto muito poderá não te responder.

beijos

Pronúncia disse...

É das coisas mais estranhas que por aqui acontece.
Na "vida real", sempre que alguém desaparece lá vamos conseguindo saber o que aconteceu à pessoa. Há sempre alguém que conhece alguém que conhece alguém que sabe.
Aqui, é mais difícil.

Quando é alguém que gosto de ler, de quem sou visita assídua e é também meu comentador frequente e de quem gosto, se a pessoa desaparece sem deixar rasto, fico tristita e a pensar o que lhe aconteceria... mas é a "vida blogosférica"!

Se quisermos mesmo saber, só temos é que perguntar e para isso há (quase) sempre a hipótese de se enviar um e-mail.
Se a pessoa quiser e puder, pode ser que responda. O máximo que pode acontecer é ela não nos dizer nada e aí ficarmos na mesma, ou seja, com a dúvida.

Gabriella Monferrato disse...

A solução é não nos apegar-mos a pessoas "blogosféricas". Não as conhecemos, provavelmente nunca conheceremos. Claro que há semrpe a hipótese de tentar conhecê-las na vida real. Mas tenho a sensação que muitas preferem não o ser.

Alguém disse...

Cheguei! :D (ando tão emotiva!)

Nunca te deste entusiasmado com a expectativa de saber se há ou não um post novo num daqueles blogs que tanto gostas de acompanhar? Nunca te deste a pensar que esse entusiasmo é a razão de grande parte do teu gosto por isto que é a blogosfera?

Não saber se vai haver um novo post, se vais ter notícias daquela pessoa ou daquela vida que acompanhas, faz parte.

Como a minha mãe diria: dá um ar mais composto à coisa.

Do I make sense?

LBJ disse...

Já várias vezes pensei nisso... Só eu tenho acesso `administração do meu blog, se me acontecer algo definitivo e a morte é apenas o exemplo mais fácil, fica uma parte de mim exposta e inacabada e um mistério para quem o frequentava.

Já te interrogaste tambem sobre os comentadores, porque é que alguns habituais desaparecem?

Framboise disse...

Se eu por acaso morrer (lagarto, lagarto) alguém que me seja próximo encarregar-se-á de deixar um comentário a dizê-lo.
Acho que nunca vou deixar de escrever, mas se deixar, aviso.
Beijinho, gostei do blog

afectado disse...

mjf, exacto...

afectado disse...

dermatologistested, nick complicado de escrever, hein? :P

pois são...

afectado disse...

rafeiro perfumado, nesta altura seria incapaz de terminar o blog sem dizer alguma coisa a quem o acompanha. há pessoas que já me lêem há mais de 3 anos... seria alguma falta de consideração minha fazer isso.

afectado disse...

loira, sua stalker... só quer saber para onde vou :P

afectado disse...

dylan, eu não levo nada a mal... cada um faz o que quer, e é responsável por isso. acho que não percebeste bem o que eu disse, claro que fecharem blogs é normal, sempre o foi e sempre será. fechar sem uma devida explicação é que não será bem a mesma coisa.

afectado disse...

cirrus, para mim o dylan tem razão mas não falou exactamente no mesmo que eu.

afectado disse...

vani, fazer-me chorar é tarefa complicada... muito complicada mesmo :P

sim, cada um sabe de si.

afectado disse...

maria manuela, claro que sim, e o teu caso é diferente. muito diferente até.

e se bem me lembro tu chegaste a explicar uma vez, depois é que como as éguas não paravam, foste saltando sem aviso a toda a navegação...

afectado disse...

pronúncia, enviar o email nem sempre é opção...

afectado disse...

gabriella monferrato, uma pessoa até pode não se querer apegar, mas há blogs que fazem parte do nosso quotidiano... estamos habituados a ler aquela pessoa, a apreciar o que diz. e claro que o blog um dia termina, mas sem uma explicação mínima, não acho muito bem...

afectado disse...

alguém, sim, até te percebo... mas e quando essa pessoa não escreve mais? será que foi por isto, será que foi por aquilo?

afectado disse...

lbj, tal como eu... se algo me acontecer, em principio nunca se saberá por cá.

afectado disse...

framboise, ainda bem que assim é, mas espero que nunca seja necessário isso :)

também gosto de te ter por cá, volta sempre.

Pinkk Candy disse...

hello!

eu penso o mesmo! habituamo-nos a ler alguém, conversa para cá e para lá e depois pffff, desapareceu, já me passou pela cabeça se as pessoas terão morrido! espero que não! mas que acontece, pode acontecer, horrivel só de pensar nisso :(
agora se decidem não escrever mais, pelo menos deviam dizer bye bye, aqui vou eu!!!


xoxo

AUFDERMAUR disse...

Não podia estar mais de acordo... Uma pessoa habitua-se a ir a um determinado blog e às vezes há posts novos, noutras não... Mas, quando estabelecemos uma certa conexão (blogosférica) com o seu autor e a ausência de posts se prolonga... começamos a imaginar o que terá acontecido... Imaginamos, teorizamos... E, durante uns tempos, até lá vamos conferir o blog mais assiduamente na esperança de confirmarmos ou refutarmos as nossas especulações... Até que um dia, a conexão se desvanece de tal maneira que deixamos de nos interessar com o destino do autor do blog e começamos a lá or cada vez menos... Até ao dia em que, pura e simplesmente, eliminamos esse blog dos nossos favoritos porque já o achamos uma perda de tempo e espaço.

AUFDERMAUR disse...

Já agora, curiosidae de quem não tem nenhum blog mas visita assiduamente alguns: quando o autor de um determinado blog estabelece uma conexão blogosférica com uma pessoa e ela desaparece sem nenhuma explicação... isso térá o mesmo tipo de imapacte que a ausência de novos posts?

afectado disse...

pinkk candy, exacto, uma simples despedida... nem é preciso dramas como às vezes se vê, mas sim uma simples despedida.

afectado disse...

AUFDERMAUR, boa descrição da situação.

referes-te ao caso de um comentador desaparecer?

AUFDERMAUR disse...

Sim, um comentador com quem houvesse alguma interacção.

afectado disse...

AUFDERMAUR, também me pergunto, mas normalmente penso que a pessoa se fartou de me ler, ou que em algum post eu disse algo que ia contra essa pessoa (ainda que não directamente) e que essa pessoa depois disso decide "abandonar" as visitas ao meu blog...

Pipi disse...

Ei estás a falar de moi??:) Eu estive de férias!!!

Enviar um comentário

Comenta à vontade, estejas ou não de acordo com o que por cá é dito. No caso de te quereres armar em espertinho, lembra-te: "para parvo, parvo e meio". Bons comentários!

A afectar a blogosfera desde 1 de Maio de 2005. afectado@gmail.com

  ©Template by Dicas Blogger

TOPO