segunda-feira, março 30, 2009

Homicídios. Nada mais, nada menos!

Há um bocado li uma notícia que já tem três dias. Nela dizia que Um jovem de 19 anos morreu esta manhã, pelas 7h00, na sequência do despiste do automóvel ligeiro em que seguia, na Estrada da Circunvalação, no Porto. Com esse jovem vinham mais quatro rapazes que apenas ficaram com ferimentos ligeiros. Vinham de mais uma noite de borga no Audi A3 de um deles. Não li mais alguma notícia sobre o assunto, mas custa-me pouco a crer que o condutor viesse com álcool a mais no sangue ou então que a velocidade não fosse a recomnedável naquele local.

Após ler a já referida notícia, lembrei-me de outra que tinha lido uns dias antes. Eis o que aconteceu: A vítima, Rui Antunes, residente em Valbom S. Pedro, concelho de Vila Verde, dirigia-se para o emprego e seguia no sentido Vila Verde-Braga.
A outra viatura seguia em sentido contrário e, de acordo com o que se dizia no local, terá entrado na rotunda em contramão, colidindo com o carro de Rui Antunes que foi a única vítima do acidente.
Neste caso não é uma suposição minha, é mesmo um facto. O outro condutor vinha com álcool a mais no sangue após mais uma noite de borga. Devido a essa estupidez, matou um homem que ia para o trabalho e que deixou um filho menor sem pai. Não sei que atenuantes legais este assassino possa ter, mas para mim isto não é nem mais nem menos que um homicídio e como tal deveria ser julgado como isso mesmo.

Eu acho que já não acredito em campanhas de sensibilização, alertas, etc. De nada adianta. Até porque todas as semanas repetem-se estas notícias e nada muda. Julgo que já só se vai lá por apertar o cerco, haver penalizações muito mais frequentes e muito mais graves. E mesmo assim ainda estaremos longe de ter este problema resolvido. Ou isso ou a escumalha, que após uma noite de copos e de não estar em condições de conduzir pega num carro e se convertem em potenciais assassinos, morrer toda de uma vez!


Nota: Assina o feed deste blog ou recebe todos os posts por email. Podes também acompanhar o blog no Twitter e no Facebook.

7 Comentários:

mjf disse...

Olá!
Na generalidade concordo contigo...
Mas nos jovens, são atitudes , que até todos podemos desculpar...
Há adultos que com alcoolémias de 3...dizem simplesmente: eu só bebi o habitual ( vão á m#$&&)...
Por estas, e por outras, pessoal com valores da função hepática alteradas ( mais a indicadora de consumo de alcool)...ficam sem atestados para carta de condução...
Andem de trotinete ;=(

Beijocas

Daniel Silva disse...

As atenuantes seja em jovens ou adultos, a haver, são sempre que nao foi intencional. Como é obvio. Mas o factor responsabilização, retira essa atenuante no caso que referes de um condutor que se farta de beber na borga e depois se faz à estrada. É homicidio, como dizes,porque tinha a noção das eventuais consequências do seu acto...

afectado disse...

mjf, eu não acho que possamos desculpar. eu sempre que bebi mais do que o que me permitiria conduzir em condições normais nunca conduzi...

até porque se esses jovens pusessem em risco só a vida deles, tudo bem. mas não, por norma põe a dos amigos que vão no carro e a de outras pessoas que nada têm a ver com aquele "filme". o segundo caso é sintomático...

afectado disse...

daniel silva, não foi intencional, mas sabiam que havia a hipótese disso acontecer.

muitos ainda brincam com essas situações!!

Daniel Silva disse...

Precisamente por isso vem a responsabilização e por isso perdem a atenuante.

afectado disse...

daniel silva, certo.

Dylan disse...

Posso garantir que a velocidade terá sido o causador do desastre no Porto. A curva é muito perigosa. Quem conhece o local saberá que as placas limitadoras de velocidade nunca são cumpridas. Amigo meus já apanharam valentes sustos por causa de não cumprirem esse limite de velocidade, e, quando chove...

Enviar um comentário

Comenta à vontade, estejas ou não de acordo com o que por cá é dito. No caso de te quereres armar em espertinho, lembra-te: "para parvo, parvo e meio". Bons comentários!

A afectar a blogosfera desde 1 de Maio de 2005. afectado@gmail.com

  ©Template by Dicas Blogger

TOPO