sábado, novembro 08, 2008

Ligeira evolução da espécie

Ou o Ministério da Educação suspende a avaliação de desempenho, avança para a negociação, encontramos um outro modelo e o ano lectivo prossegue normalmente, ou o ministério assume que vai ter luta o ano todo. Se querem guerra, guerra terão. As palavras não são de um militar qualquer descompensado psicologicamente a prometer guerra. São da Fenprof. Eu no meio disto tudo consigo encontrar um sinal positivo. É que há uns meses a guerra era que não queriam ser avaliados. Agora já querem, mas querem um modelo à sua medida. Menos mal. Por norma acusam a ministra de intransigente, mas dizer que Neste momento, não há espaço para meios-termos e não há entendimento possível. Da nossa parte, não há nenhuma abertura para nada que não seja a suspensão imediata, não me parece propriamente algo diferente de ser também intransigente. Intransigências ocas à parte, registo com algum agrado a primeira parte do post, onde se denota alguma (ainda pouca, mas melhor que nada) evolução da espécie.

Agora fica uma sugestão minha. Os professores deviam abdicar de parte do muito tempo que ocupam a fazer protestos, e organizarem uma ordem profissional. Uma coisa à séria, algo realmente profissional. Talvez assim deixassem de depender das organizações sindicais, que mais do que os servirem, servem uma certa ala politica. Enquanto isso não acontecer, os professores nestes protestos fazem o papel de marionetas politicas... e não são bem representados como merecem. Sejam inteligentes...


Nota: Assina o feed deste blog ou recebe todos os posts por email. Podes também acompanhar o blog no Twitter e no Facebook.

3 Comentários:

ipsis verbis disse...

considera-te desafiado! :D

Noimagination disse...

Congratulo-me que tenha podido fazer parte da espécie de PRIMATAS????(ou não???) que são os professores em ligeira evolução. A evolução é sempre positiva. Lamento não poder retribuir o cumprimento que nos fez. No problema grave de cegueira de que sofre não se constata qualquer evolução. No de primarismo,idem... Ah!!!... Está numa dessas extensas listas dos afectados pelas benesses do poder!!! É talvez um dos doutorados, licenciados, das novas oportunidades????....
Perdoe-me a ignorância da espécie na qual milito há muitos anos, sempre de uma forma impoluta como posso demonstrar a quem quiser ver.
Os meus cumprimentos a V. Exª e à sua espécie que têm elevado bem alto o nome de Portugal, sempre em evolução estonteante. Bem hajam!

afectado disse...

noimagination, o seu nick é contraditório. é que imaginação (ou delírio) não lhe falta. se me disser onde eu chamei primatas aos professores dou-lhe um doce...

cegueira? graças a deus que não. mas antes cegueira que estupidez. primarismo? olha olha o indignado afinal era só fantochada para agora me poder chamar isso... bravo, mas podia ter mais imaginação (já que delírio não lhe falta).

benesses do poder? sou sim licenciado, não pelas novas oportunidades mas sim pelas velhas. aquelas em que os meus pais tiveram que passar sacrifícios para que conseguissem me pagar os estudos. trabalho para privados, sem cunha, e nunca tive horário que vi muitos professores meus ter... como por exemplo a sexta livre ou uma série de tardes livres.

já agora, escusava de ter feito um comentário tão idiota, e podia ter pegado no meu último parágrafo onde dou um conselho que o devia fazer pensar. se ignorou deve ser mais um dos "cegos" afectos ao pcp e que ficou parado à 34 anos atrás.

um enorme bem haja para si e não beba tanto ao acordar.

Enviar um comentário

Comenta à vontade, estejas ou não de acordo com o que por cá é dito. No caso de te quereres armar em espertinho, lembra-te: "para parvo, parvo e meio". Bons comentários!

A afectar a blogosfera desde 1 de Maio de 2005. afectado@gmail.com

  ©Template by Dicas Blogger

TOPO