terça-feira, novembro 13, 2007

O nosso Código Penal...

Um clarão enorme emergiu da cabeça da Alice que só teve tempo de levar as mãos à cara enquanto uma dor surda e silenciosa lhe trespassava o crânio e se instalava na testa como um turbante de espinhos. Um segundo depois, um vulto sólido e veloz foi ao encontro do seu queixo e Alice caiu redonda no hall de entrada e perdeu os sentidos. Quando recuperou, o clarão começava a dissipar-se mas mesmo assim ainda lhe custava perceber, que as pernas que via eram as do marido, que andava furioso de um lado para outro como que possuído pela impaciência.

Excerto de um post escrito no Templo de Dhyana.

Vale a pena ler o post por inteiro. Afinal em que país vivemos?


Nota: Assina o feed deste blog ou recebe todos os posts por email. Podes também acompanhar o blog no Twitter e no Facebook.

Seja o primeiro a comentar

Publicar um comentário

Comenta à vontade, estejas ou não de acordo com o que por cá é dito. No caso de te quereres armar em espertinho, lembra-te: "para parvo, parvo e meio". Bons comentários!

A afectar a blogosfera desde 1 de Maio de 2005. afectado@gmail.com

  ©Template by Dicas Blogger

TOPO