sexta-feira, outubro 29, 2010

Um exemplo a ter em conta nestes tempos de crise

A Câmara de Ponte de Lima continua a marcar a diferença no panorama desastroso em que este país se afunda. Nunca se deixaram levar nas promessas perigosas de passar a vila a cidade e sempre rejeitaram isso. Entretanto a vila cresce de ano para ano de forma sustentada, e urbanisticamente falando, de forma inteligente e agradável. Não se constroem prédios uns em cima dos outros só para alguém se agarrar à mama das comissões. Há uma lógica no crescimento, a arquitectura da vila segue uma lógica, não é desconexa. Além disso, agora é anunciado que a Câmara de Ponte de Lima entra em contra ciclo em relação ao resto do país e vai diminuir os impostos para as famílias e empresas. Como conseguem?

"Estamos em contra-ciclo com o resto do país. Por todo o lado se fala de aumento de taxas e impostos, nós reduzimo-los ou, em alguns casos, simplesmente os ignoramos", sublinhou Victor Mendes.

Para responder aos cortes nas transferências do Estado, o município de Ponte de Lima vai cortar essencialmente nas despesas correntes, como combustíveis, material de escritório, iluminação e alguns eventos, sendo certo que as despesas de pessoal também não vão sofrer qualquer acréscimo.

"Há concelhos que gastam 50 por cento dos seus orçamentos com despesas de pessoal. Aqui, são apenas 20 por cento", disse ainda Victor Mendes.

Lembrou que a Câmara de Ponte de Lima tem apenas quatro chefes de divisão, não tem directores de departamento, não há empresas municipais, o presidente e os vereadores não têm cartão de crédito nem sequer motorista.

"Todos temos carta de condução, todos sabemos conduzir", atirou.

O município não tem endividamento, mas sim milhões de euros em depósitos a prazo.

Recomendo a leitura por inteiro da notícia do JN, pois é bom ver-se que afinal é possível responder à crise sem castigar os mais fracos. É preciso é ter vontade que isso aconteça, e esquecer certos interesses particulares... que pena o Município de Ponte de Lima ser a excepção e não a regra.

Enviem esta notícia para os vossos municípios, perguntem-lhes se eles não gerem assim as contas porque não sabem ou porque não querem.


Nota: Assina o feed deste blog ou recebe todos os posts por email. Podes também acompanhar o blog no Twitter e no Facebook.

10 Comentários:

AUFDERMAUR disse...

Restauraste a minha fé na política e no mundo em geral! Afinal este tipo de políticos ainda existe, está em vias de extinção mas ainda existe!

Anónimo disse...

Também já enviei a 2 que ficam mais perto de mim, se não sabem gerir o que estão lá a fazer??
Marta

Malena disse...

Ponte de Lima e os Limianos são especiais! Pena que não hja grande vontade de investir em projectos neste município que bem o merecia!

Vani disse...

Nem tudo o reluz é ouro... segundo alguns comentadores, essa gestão foi implementada pelo anterior ocupante da câmara, os feirantes não estão assim tão contentes, não há emprego e, segundo outro comentador, os jovens são obrigados a procurar outras paragens.

Mas não deixa de ser um exemplo de gestão. Contudo, tb não podemos esquecer que a regra máxima da politiquice é panem et circenses... ele diz o que neste momento todos querem ouvir/ler. Não invalida os esforços de gestão (implementados pelo anterior ocupante da câmara :p), mas tb não refere o lado mais negro da vila...

Otário disse...

deveras saudações caro afectado!

afectado disse...

aufdermaur, e sem dizer isto por pura demagogia...

afectado disse...

marta, eu não sei se não sabem, se não querem saber.

afectado disse...

malena, concordo, são mesmo!

afectado disse...

vani, não querias 100% de concordância, pois não? aliás, basta haver pessoas ligadas a outros partidos e com sede de poder que criticam, mesmo sem ter razão.

o anterior ocupante da câmara, o daniel campelo, tinha como número dois o actual número um. este não é um paraquedista...

se a vila tem pontos menos bons? claro que sim. se não tivesse nenhum não seria uma vila de portugal, era o paraíso.

mas que é um exemplo para o resto do país, e os políticos que a tem governado dão 20-0 à maior parte dos autarcas do nosso país, não tenho dúvida alguma.

afectado disse...

otário, sim.

Enviar um comentário

Comenta à vontade, estejas ou não de acordo com o que por cá é dito. No caso de te quereres armar em espertinho, lembra-te: "para parvo, parvo e meio". Bons comentários!

A afectar a blogosfera desde 1 de Maio de 2005. afectado@gmail.com

  ©Template by Dicas Blogger

TOPO