sexta-feira, julho 02, 2010

A vaca morreu

Interrompo as minhas férias para um pequeno apontamento sobre a selecção, não podia deixar de ser. Claro que é normal perdermos com a Espanha, aliás, a diferença qualitativa do futebol das duas selecções é tão evidente que pareciam equipas de campeonatos diferentes (e se calhar até são). O que não é normal é termos um individuo a capitão da selecção quando o mesmo nem para capitão da sua casa serve. Basta ver aquele livre na primeira parte que o Simão ia marcar, e o tal individuo veio a correr feito tolo, sabe-se lá de onde, para marcar ele o livre. E que fez ele? Rematou, claro. Não interessou que tivesse a 1 km da baliza e que a equipa tivesse subido para se fazer um centro, ele sozinho decidiu isso.

Como é fácil de ver Carlos Queiroz é um nabo, se fosse um seleccionador como deve ser conseguia pôr o Ronaldo na linha e ele não fazia o que queria em campo. Mas isso era pedir demais ao seleccionador, ele nem dá conta da táctica que define, quanto mais do resto. Então não é que o engraçadinho repetiu a piada de pôr a jogar o Ricardo Costa a defesa direito? Pois claro, a Espanha que não anda a dormir fez 90% dos seus ataques por lá.

Melhor ainda, no inicio da segunda parte pareceu-lhe bem repetir a invenção de jogar sem qualquer ponta de lança (qual equipa das distritais). E assim queimou uma substituição que mais tarde veio a fazer falta, porque passado uns minutos lá foi obrigado a corrigir a borrada que fez devido ao golo da Espanha. Isto já para não falar que no último lance do jogo, quando não havia nada a perder, o criador da vaca, Carlos Queiroz, nem teve capacidade para raciocinar ao ponto de pôr os onze jogadores na área espanhola. Qualquer treinador faria isso. Isso é daquelas coisas básicas... mas nem isso ele foi capaz.

Não há muito mais a dizer, é um treinador que desde há 20 anos para cá não teve um único sucesso como treinador principal. Apenas conseguiu acumular despedimentos. E nem consegue ter mão nos jogadores... a reacção do Ronaldo no fim do jogo demonstrou isso. Quem achar algo diferente disto, lamento, percebe pouco do assunto.

Nota final para os que merecem ser distinguidos: Eduardo, Fábio Coentrão, Ricardo Carvalho (o que devia ser capitão), Bruno Alves, Raul Meireles, Tiago.

Agora com licença, vou voltar para a água. Até breve!

PS: Foi uma pena a embalagem de ketchup só levar um restinho...


Nota: Assina o feed deste blog ou recebe todos os posts por email. Podes também acompanhar o blog no Twitter e no Facebook.

6 Comentários:

Malena disse...

Só é pena não podermos comer uns bifes do lombo ou uma picanha! Já que morreu que fosse útil!

Mel disse...

E quem vai levar agora com a braçadeira de capitao, quem quem quem? O Bruno Alves, ah ah ah!

Dylan disse...

Vai lá para a água mas não metas água como o Queirós e Companhia...

AUFDERMAUR disse...

Pobre vaca! Só foram cerca de 30 pessoas ao funeral! Portugal já chegou mais longe do que eu imaginava! O problema é que o Queiroz não colecciona apenas despedimentos mas também indemnizações!
Quanto ao capitão, concordo com a ideia do Ricardo Carvalho!

Keep on rocking in a free world;)

Jaime Piedade Valente disse...

há uns anos jogavam bem e perdiam (eram as célebres vitórias morais), agora jogam mal e perdem

será isso o progresso?

Pinkk Candy disse...

o Cristiano Ronaldo tinha acabado de ser pai, e ninguém sabia. temos que lhe dar um descontozinho (pequenino, atenção), né? ;-)

de resto detesto o Queiroz, pronto, tinha que ser assim.

Publicar um comentário

Comenta à vontade, estejas ou não de acordo com o que por cá é dito. No caso de te quereres armar em espertinho, lembra-te: "para parvo, parvo e meio". Bons comentários!

A afectar a blogosfera desde 1 de Maio de 2005. afectado@gmail.com

  ©Template by Dicas Blogger

TOPO