domingo, julho 25, 2010

Eu bem vos disse...

Carlos Queiroz não servia para a nossa selecção. Claro que alguns acharam que servia. Claro que esses alguns estavam enganados (era evidente demais). Agora sabe-se mais uma que mostra bem o nível da pessoa em causa. Quando Carlos Queiroz decidiu insultar os médicos do controlo antidopagem, terá dito o seguinte acerca de Luis Horta:

 
De facto, um senhor.


Nota: Assina o feed deste blog ou recebe todos os posts por email. Podes também acompanhar o blog no Twitter e no Facebook.

10 Comentários:

Megan disse...

:O

Digo-te sinceramente.. eu no início (quando se falou que ele vinha para a selecção) até julguei que ele fosse ser um bom treinador (+/-), não ideia fixa..mas quando as coisas começaram a rolar.. hmm, vi logo que ele não era nada bom. Eu não o suporto, é arrogante, ..desde que ele disse logo no início que não queria bandeiras nas janelas, e aquelas coisas como houveram no Euro2004, ...eu passei a vê-lo com outros olhos.. não suporto aquele homem.

Vontade de disse...

ahahah

Não gosto muito dele... acho que não ouve os outros.

Jibóia Cega disse...

Vamos ver se é desta...

Meio Cheio disse...

Oh que homem instruido e fabuloso...o sonho de qualquer mulher e selecção --'

Noviça disse...

Realmente um perfeito cavalheiro e com excelentes provas dadas ao nível do profissionalismo. Temos homem.

Paula disse...

Cona é nome de terra, não é?! Se calhar a mãe do senhor é de lá! :p

Pronúncia disse...

A pergunta que se impõe é:

- E qual vai ser o valor da indemnização? (pura curiosidade)

Sadeek disse...

Volta Scolari? ;)

Malena disse...

Atrasado mental disfarçado de treinador???

Auroque Danado disse...

Ora, se "terá dito", não é líquido que tenha dito mesmo. E se é suposto que tenha dito, averigúem se disse mesmo ou se é apenas um "supônhamos". É que isto anda cheio de "diz que disse", julga-se as pessoas sem sequer ouvir o que elas têm para dizer, sem provas do que se diz. Assim, não acho bem.

Não nutro grande simpatia pela figura do Professor de Ginástica, mas tenho a perfeita noção de que nesta altura qualquer pretexto serve para mandar o homem embora sem ter de cumprir o que está assinado.

Quem pede a cabeça dele, só podem ser o pessoal de Lisboa que não sabe como é que se tratam os assuntos aqui no norte.

Se tivéssemos acesso a tudo aquilo que dizem umas sobre as outras as pessoas que têm cargos de responsabilidade, acho que não ficava pedra sobre pedra.

A questão é mais profunda. É política. E o problema não é o Queiroz, mas quem está à frente do futebol em Portugal. Em pouco mais de 15 anos destruíram-se as bases do nosso futebol. Apostou-se no imediato e aniquilou-se o futuro.

Deixem lá o homem em paz, se quiserem despeçam-no por incompetência. Se querem despedir gajos por esbanjarem insultos, despeçam a classe política que me insulta e me rouba todos os dias sem que eu possa ripostar.

Enviar um comentário

Comenta à vontade, estejas ou não de acordo com o que por cá é dito. No caso de te quereres armar em espertinho, lembra-te: "para parvo, parvo e meio". Bons comentários!

A afectar a blogosfera desde 1 de Maio de 2005. afectado@gmail.com

  ©Template by Dicas Blogger

TOPO