quinta-feira, março 18, 2010

Falar para a parede

Há quem diga que quem fala sozinho não está bem da cabeça. Eu recuso essa ideia. Quem não está bem da cabeça sou eu que tento falar com certas pessoas, na esperança que a mensagem seja entendida. Mas não é bem assim que acontece, parece que do outro lado a mensagem surge encriptada de tal forma que nem as vírgulas se percebem. Eu, sinceramente, começo a perceber as vantagens de se falar para as paredes. Se é certo que a mensagem não é igualmente entendida pela outra parte, as paredes, pelo menos não corremos o risco de ouvir coisas que constituem um atentado ao bom senso como resposta.


Nota: Assina o feed deste blog ou recebe todos os posts por email. Podes também acompanhar o blog no Twitter e no Facebook.

14 Comentários:

Ana. disse...

Eu falo para a minha gata!
Fica muito atenta a olhar para mim (o que me dá a sensação que valoriza o que digo) e quando lhe pergunto "Não é?" Responde-me invariavelmente com um miau delicioso que me impede de me sentir ignorada!!
É providencial ter um gato para os dias de maior neura!!
;)

Gingerbread Girl disse...

Pois eu confesso que passo a vida a falar sozinha.
Mas eu na bato bem, confesso. =|

*

ADEK disse...

Cada vez tenho menos paciência para ouvir respostas parvas do outro lado. E não "parvas" no sentido de "tão-ridículo-que-chega-a-ter-alguma-piada". É mesmo parvas sem piada nenhuma. Que me fazem ficar muito séria. E como nessas alturas me apetece virar costas, essa coisa de falar para as paredes não me soa nada mal!

Ana disse...

Eu falo tanto, mas tanto sozinha! E é optimo, porque ouvimo-nos melhor a nós mesmos, as ideias ficam mais claras, desengasgamos os que se vai acumulando ao longo do dia... corre sempre bem!

já com os outros...

Pronúncia disse...

Afectas, vou contar-te um segredo, mas não podes contar a ninguém... eu fala de mim para comim! (Especialmente quando faço asneira... ) ;)

Anira the Cat disse...

é bom falar para as paredes, até porque por vezes a melhor resposta é mesmo o silêncio.

Bjokas

AUFDERMAUR disse...

Eu falo imenso comigo mesma! Às vezes até me sento à frente do espelho enquanto falo comigo! Nunca falei para uma parede propriamente dita, mas já falei para as pessoas dos posters que tinha no meu quarto... Elas nunca me responderam mas eu respondia por elas. Das duas uma, ou sou doida ou sou filha única:)

continuando assim... disse...

um novo capítulo da história de Alice.
no
... continuando assim...

Aceito e agradeço as vossas sugestões ...
Obrigada a quem segue.

Um obrigada especial a quem vem de novo. Convite feito.

Enfim...qualquer coisa, digam.
até amanhã
bj
teresa

Dida Prazeres disse...

huummm... eu falo para as paredes, as pedras da calçada, os carros, os semaforos, a chuva e com mais o que me aparecer pela frente durante o dia...:P (claro que me chamam de D(o)ida... por isso continuo sem ligar a nada!! ahahhaha)

Diaboderoupacurta disse...

Já que se pode fazer tantas coisas sozinho...porque não falar? Eu falo :P

Anne disse...

e o que dizer de quem fala para a televisão, com tanto fervor e emoção como se estivesse presente nas conversas que lá se desenrolam??? Eu, louca, me confesso.... :P

afectado disse...

ana., falar para gatos é bom. faço-o há anos!

gingerbread, se tu o dizes... :D

adek, eu aqui até falo é de respostas supostamente sérias!

ana, com os outros (depende dos outros, claro) por vezes só ouvimos porcaria.

pronúncia, fazes tu muito bem!

aufdermaur, experimenta as paredes... dão excelentes respostas. pelo menos comparando com as que algumas pessoas dão.

continuando assim, de nada!

dida, para os semáforos? isso deve ser giro de se ver :P

diaboderoupacurta, falas sozinha enquanto fazes outras coisas sozinha?

anne, isso parece grave ;)

Moon disse...

Falar para as paredes,falar para o computador,falar com o chão...falar com a própria mão, falar com a comida...

enfim,já experimentei todas estas hipóteses e parece que vou continuar a experimentar muitas mais!!!!!

Ramboni disse...

Eu falo sempre que posso sozinho. Por exemplo reparo numa situaçao que me incomoda,algo que me afecta ou afectou,algo acontecido, alguma soluçao etc etc..entao surge um dialogo, eu falo como s tivesse 3 ou 4 pessoas a ouvir, e até ja falei sozinho e a discutir: Pq falo sozinho e para quem será?...cheguei à conclusao que é o Universo que me ouve,o Mundo,a Natureza e o acaso e pq falo?..acho q falo pq sao coisas que me incomodam,pq sei que mais ninguem entedera,pq serei gozado , ninguem percebera o meu ponto de vista...fico parvo como decifro questoes incriveis ao falar sozinho e : Como raio cheguei a esta excelente ou estranha conclusao e que me parece tao razoavel??..consigo ficar a falar sozinho muito tempo. Ja pesquisei na net o pq disto acontecer, ha quem diga q é por se ter poucos amigos,ser-se pouco aceite,ser-se posto de lado...se calhar tem razao. Ja pesquisei sobre os Indigo enfim...nao me sinto uma pesoa normal lolll. Tudo o que vejo e me rodeia,assim q posso tento analizar e perceber o pq .
chego mesmo a conseguir decifrar os comportamentos psicologicos de certas situaçoes da sociedade,comportamentos etc etc. O porque de isto ou aquilo ser assim,o pq de certa faixa etária agir assim nestes tempos bla bla...
gostava d n falar sozinho,gostava d encontrar pessoas reais mesmo capazes de entender, talvez um dia. Abraços e bjs a todos!!:)

Enviar um comentário

Comenta à vontade, estejas ou não de acordo com o que por cá é dito. No caso de te quereres armar em espertinho, lembra-te: "para parvo, parvo e meio". Bons comentários!

A afectar a blogosfera desde 1 de Maio de 2005. afectado@gmail.com

  ©Template by Dicas Blogger

TOPO