segunda-feira, março 08, 2010

As formigas e o dia das mulheres

Nunca vos contei, mas antigamente eu apreciava bastante as formigas (ainda aprecio, mas agora de forma mais distante que os anos passam e os interesses modificam-se). A sua capacidade organizativa, a sua força, o seu trabalho, a forma como trabalham em equipa, etc. Cheguei mesmo a fazer uma espécie de criação de formigas, coisa bastante engenhosa, diga-se, para a idade que eu tinha na altura, mas que ficará com relato marcado neste blog para outra altura que poderá não ser antes do fim desta década. Voltando às formigas, que terminam muitas vezes os seus dias de forma inglória debaixo de um qualquer sapato, é conhecida a sua extraordinária força se compararmos o peso das coisas que levantam ao seu próprio. São também muito famosas pela história da cigarra e da formiga, onde mais uma vez é plenamente justificada a minha admiração pelas formigas.

Claro que nada é perfeito, e como todos sabemos as formigas conseguem ser extremamente chatas quando se lembram de invadir a nossa casa à procura de comida, fazendo parecer que o nosso território se encontra em guerra e a sofrer uma invasão imparável tal é a quantidade delas que o invade pelos mais diversos caminhos.

Com todas as suas qualidades e defeitos, eu admiro as formigas, especialmente pelo que referi na segunda frase deste post. Admiro igualmente as mulheres, que com todas as suas qualidades e defeitos são igualmente adoráveis. A diferença é que as formigas não têm nem precisam de um dia da formiga para nada.


Nota: Assina o feed deste blog ou recebe todos os posts por email. Podes também acompanhar o blog no Twitter e no Facebook.

16 Comentários:

loira disse...

Isso das formigas é muito nerd. :)

Mas comentando o post em si, o objectivo do dia das mulheres já há muito que foi esquecido e agora não tem sentido nenhum...

Calendas disse...

Além disso, as mulheres não podem com um peso três ou quatro vezes maior do que o seu. Nem deitadas, lol.

Cirrus disse...

Spot on!!

Cor do Sol disse...

Não que eu ligue ao dia, de todo, mas a verdade é que é neste dia que as estatísticas saiem e em termos de qualidade de empregos e salários as mulheres ainda são muito discriminadas.

afectado disse...

loira, é nada. era apenas uma parvoíce de criança :)

actualmente para mim só demonstra um sentido, que é exactamente o oposto do que muita gente pensa...

afectado disse...

calendas, deitadas, se for com jeitinho, até devem conseguir :P

afectado disse...

cirrus, o quê?

afectado disse...

cor do sol, pois são... mas esses dados também saem noutras alturas, e estão disponíveis no resto do ano. o problema também será as mulheres só se lembrarem de os verem neste dia...

Venus in red disse...

A mulher também não precisaria, se durante secúlos não tivesse sido sujeita, a repressões e agressões várias!

Em pleno sec.XXI, é vitima!



Saevium

afectado disse...

venus, lá está, as formigas também o são...

este dia, na minha opinião, prejudica mais do que ajuda.

Venus in red disse...

Apesar de ser uma analogia interessante, não me parece que a mulher seja menos batalhadora que a formiga, ou noutra vertente... mais derrotista!

O que quis dizer é que não contesto a existência deste dia, á semelhança de muitas pessoas que o manifestam, pois se não servir para mais nada, lembra as que perderam a esperança, dignidade e até a própria vida... E se no resto do ano pouco lembramos, pelo menos neste dia, a memória dignifica-as... Mas é apenas uma perspectiva, das várias plausíveis... ;)



Saevium

afectado disse...

venus, ao falar nas formigas eu quis dizer que acho as mulheres igualmente batalhadoras...

percebo esse ponto de vista. mas a mim, o facto de haver dia da mulher e de não haver dia do homem é por si só uma manifestação de diferença indesejada.

Cláudia disse...

Concordo absolutamente com o facto de, não havendo um dia do homem, a existência do dia da mulher não fazer qualquer sentido.
Ou bem que há igualdade...
E não venham cá dizer que não há homens (na acepção de maridos e afins) maltratados, subjugados, agredidos física e psicológicamente!!!

afectado disse...

cláudia, claro que há...

AUFDERMAUR disse...

afectado

Quando o dia Internacional da Mulher foi instituído havia sérios motivos para isso! E, nalguns sítios do Mundo, ainda continua a haver. Mas é verdade que se hoje em dia há dias para tudo e todos (aqui há uns anos descobri que nasci no dia dos canhotos, vê lá tu), os homens também podiam ter um! No dia da mulher parece que está estabelecido que a "prenda" a oferecer é uma flor... Já estou a imaginar qual era a prenda que os homens gostavam de receber no dia deles:D

AUFDERMAUR disse...

Quanto às formigas, tu por acaso não leste o livro "Os Desastres de Sofia" quando eras criança? É que eu li (aliás, na altura até era um dos meus livros preferidos) e também me despertou um ligeiro desejo de ter hobbies desses. Mas nunca os concretizei!

Enviar um comentário

Comenta à vontade, estejas ou não de acordo com o que por cá é dito. No caso de te quereres armar em espertinho, lembra-te: "para parvo, parvo e meio". Bons comentários!

A afectar a blogosfera desde 1 de Maio de 2005. afectado@gmail.com

  ©Template by Dicas Blogger

TOPO