sexta-feira, janeiro 15, 2010

O caso do Euromilhões do ex-casal de namorados

Tenho acompanhado com algum interesse, ainda que de forma não muito aprofundada (contraditório? que se lixe), o caso do prémio do euromilhões que levou um ex-casal de namorados de Barcelos a tribunal. Desde já aviso que neste caso me estou a marimbar para a parte jurídica do assunto.

Pelo que se tem lido, Luís Ribeiro aceita que se divida o valor do prémio (15 milhões de euros) a meio e cada um fica com a sua parte. No entanto, Cristina Simões não concorda e quer o prémio por inteiro (também já li que quer 75%). A situação habitual era jogarem 4 euros. Certa semana Cristina lembrou-se que deviam jogar mais 2 euros e ironia das ironias, foi (alegadamente) nessa 3ª chave que saiu o prémio. Como a ideia foi dela, a jovem afirma ter direito ao prémio todo. No entanto foi o namorado que registou os números.

Isto para mim não tem lógica que seja dividido de outra forma (salvo a excepção do parágrafo seguinte) a não ser 50% para cada lado. Pouco me interessa quem deu a ideia, quem pagou ou quem registou. Esta forma de jogar, entre namorados, para mim é uma espécie de sociedade, pois quando se joga assim não se pensa no assunto de outra forma. Depois é tudo uma questão de se ter palavra e princípios, ou não. No caso, está visto quem os tem e quem não os tem.

Contudo há outra forma de resolver isto de forma justa. Ela, por tentar ser esperta e dar o golpe do baú, fica com 0%. Este 0% justifica-se também pela atitude dos pais dela, que só queriam deixar Luís mexer na sua parte do dinheiro caso os jovens se casassem (assim de repente lembrei-me da oferta de camelos tradicional em alguns sítios).

Luís ficaria também com 0% por ter sido burrinho ao ponto de ir buscar o dinheiro a Lisboa com a namorada e os pais dela, e ficarem os 4 a titulares da conta pela seguinte ordem: pai dela, mãe dela, ela, ele. Como é lógico, até podia ir uma camioneta cheia de pessoas, mas os titulares da conta deveriam ser apenas os dois (agora) ex-namorados. De caminho aproveitava-se o prémio para solidariedade.

Para resumir o que já vai extenso demais, não há forma justa de dividir isto a não ser em partes iguais, mesmo considerando todos os "ses" e todos os "quês" e "porquês" da questão. Mas confesso que me ia dar algum gosto se Luís Ribeiro ficasse com 100% do prémio.


Nota: Assina o feed deste blog ou recebe todos os posts por email. Podes também acompanhar o blog no Twitter e no Facebook.

29 Comentários:

Momentos... disse...

Eu sou sempre muito pelo lados : "delas"...
Mas depois de ler muito bem o texto, acho que me dava um gosto enorme ela ficar sem um centimo...
(É tão bom chegar aqui e saber "Tertúlias" do meu País... srsrs)

Catwoman disse...

Até podia ficar 50-50 para cada. E ela ser condenada a entregar a parte dela a instituições de solidariedade. Isso sim era bem feito!

Suspiro disse...

Já me perguntei muitas vezes como andava este caso! Quanto mais têm mais querem, então custava muito ficar com metade do prémio?? não é assim tão pouco. Pelo que ouvi na altura quem tem o recibo e vai levantar o prémio é o legitimo detentor do dinheiro, o resto não lhes interessa para nada!
É muito triste chegar a este cúmulo! O amor, pelos vistos era menos importante que o dinheiro, e parece-me que o gajo era um bocado parvo, ou tava cego de amor ;)

Diaboderoupacurta disse...

Era tirar-lhes o dinheiro das mãos e assunto arrumado!

PS: O meu último post é para +18, espreita :P

maria teresa disse...

Dividir ao meio seria o correcto...
Mas a ganância deve ser punida, logo O% para ela.

Pronúncia disse...

E um par de estalos a cada um, não?!...
Eram merecidos! :P

Rachel disse...

Por mim, fosse eu a decidir e estou contigo, ela ficava sem cheta.

Cirrus disse...

Eu fico com dez por cento e mando os dois para o hospital! Depois pago uma jantarada ao Luís. A ela mando-a para o hospital. Outra vez...

Isto se eles estiverem amarrados, claro...

ML disse...

Este caso é louco, inacreditável. Também tenho acompanhado mais ou menos, e não vejo outra hipótese a não ser o 50-50, mas o mais justo mesmo era ela ficar sem nadinha!!

Dylan disse...

De facto, a ganância chega a ser vergonhosa, acho que da parte dela.
Justiça salomónica, já!

Calendas disse...

Já nem me lembrava deste caso. Parece que o dinheiro não traz felicidade, não? Pelo menos para o trio, cá a mim até me fazia rir melhor e dar pulinhos de contente.

afectado disse...

momentos, volta sempre então ;)

afectado disse...

catwoman, também não estava nada mal :)

afectado disse...

suspiro, o gajo foi muito anjinho... e os pais dela muito finórios...

afectado disse...

diaboderoupacurta, ele parece-me merecer metade...

afectado disse...

maria teresa, acho que essa é a opção mais consensual :)

afectado disse...

pronúncia, eram mesmo!

afectado disse...

rachel, espero que o juiz pense como tu...

afectado disse...

cirrus, por mim tudo bem, desde que eu fique com outros 10% ;)

afectado disse...

dylan, da parte dela... e dos pais dela!

afectado disse...

calendas, a mim também!

afectado disse...

ml, mais um voto nessa opção :D

Miss Kin disse...

O que me chateia mais, não é bem chateia porque não é para tanto e nem me tira o sono, mas vá, o que me aborrece é que é esta malta que ganha prémios!
Ela com a mania que é sabidona e ele um totó!

Poetic GIRL disse...

Eu cá para mim tanto ela como os pais quiseram foi-se aproveitar da situação. Também adoraria que ele ficasse com os 100% mas não acho que isso vai acontecer, provavelmente vai mesmo ser dividido 50/50. Agora pergunto eu, que raio de sentimento era aquele que se diluiu quando lhe acenaram com o dinheiro? Cá para mim o rapaz já é muito afortunado de se ter visto livre dela! beijokas

Vani disse...

Eu ajudo o Cirrus, pode ser?

afectado disse...

miss kin, pois, e eu que tanto mereço não ganho nem um cêntimo :)

afectado disse...

poetic girl, sim, ele é um sortudo por pelo menos se ver livre dela e daquela família.

afectado disse...

vani, podes!

Anónimo disse...

Que pintao o papa e a mama? Eles já eram maiores de idade. Esses sim tenhem a culpa de a filha perder o namorado. Eles os dois sozinhos que resvam.

Enviar um comentário

Comenta à vontade, estejas ou não de acordo com o que por cá é dito. No caso de te quereres armar em espertinho, lembra-te: "para parvo, parvo e meio". Bons comentários!

A afectar a blogosfera desde 1 de Maio de 2005. afectado@gmail.com

  ©Template by Dicas Blogger

TOPO