terça-feira, outubro 13, 2009

O vídeo de Maitê Proença

Durante o dia tive conhecimento que o país estava a ser invadido por uma onda gigantesca de indignação. Ainda pensei que fosse pelo facto de termos uma série de corruptos a governar os Municipios, mas depois percebi o quanto estúpido era esse pensamento, era impossível haver uma onde de indignação em Portugal por causa disso... até se anda com eles aos ombros, como poderia isso acontecer? Claro que a onda de indignação era por algo muito mais importante: um vídeo de valor muito duvidoso em que Maitê Proença faz dois ou três apontamentos a gozar com os portugueses.

Assim que cheguei a casa vim logo ver o tal vídeo para comprovar com os meus olhos e ouvidos o ultraje que tinha sido feito à nossa honra. Qual não é o meu espanto quando acabado o vídeo concluo que as enormes ofensas foram: 1- Gozar com um número de porta que estava ao contrário; 2- Dizer mal do serviço de atendimento de um hotel 5 estrelas; 3- Gozar com a escolha dos portugueses que elegeram Salazar como o português mais importante da história; 4- Cuspir numa fonte ou lá o que era aquilo.

Sobre essas 4 coisas, eu tenho a dizer o seguinte: 1- Desculpem lá, mas aquilo é ridículo e caso tivesse sido um de nós a passar lá se calhar até tinha tirado fotografias e publicado no blog; 2 - Se ela cometeu um erro foi o de não dizer o nome do hotel! Ou não gostavam de saber que hoteis devem evitar?; 3- Até parece que muitos de nós não gozaram com isso; 4- Se ela é uma porca, o problema é essencialmente dela, não se preocupem muito com isso que ainda morrem cedo.

Posto isto chego à conclusão que em Portugal há capacidade de indignação para coisas sem qualquer interesse ou importância, e para as que mais interessam o que mais se faz é assobiar para o lado. Isto é significativo e até pode ser um indicio do porquê de o país estar como está. E mais, até parece que os portugueses seriam incapazes de dizer algo a gozar com os brasileiros. Aliás, nunca se viu disso, pois não? Sobre isto Luis Filipe Vieira diria que quem tem vidros de telhado não deve atirar pedras aos outros (créditos pelo trocadilho ao pduarte).

Para finalizar: deviam ter enquadrado o contexto da situação, o vídeo era para um programa provavelmente estúpido como muitos que temos cá, e Maitê Proença ainda estaria ressabiada pelo falhanço que terá sido o seu relacionamento com o português Miguel Sousa Tavares. E quem está tão indignado com este vídeo perdeu uma boa oportunidade para se indignar com algo que realmente valesse a pena. Mas somos portugueses, não é?


Nota: Assina o feed deste blog ou recebe todos os posts por email. Podes também acompanhar o blog no Twitter e no Facebook.

31 Comentários:

PDuarte disse...

eu por mim não me ofendi.
acho até uma estupidez o facto de se andar para aí com petições.
eu, por mim achei falta de nível no humor e badalhoco o acto de cuspir vindo de alguém que me habituei deliciar em poses bonitas.
ela fez humor à maneira dela e eu fiz à minha.
se calhar ambos são muito maus.

Pronúncia disse...

Tudo bem que a indignação até foi exagerada, mas que há motivos para indignação há, não pelo vídeo em si, mas pelo facto de ter sido tornado público por um programa de televisão, logo chegou a muita gente.

1- número de porta ao contrário.
talvez não esteja ao contrário por incompetência de quem o colocou, mas de propósito, talvez por esoterismo e ninguém melhor que uma brasileira para entender essas coisas, sem partir do princípio que está em Portugal, porque os portugueses são tão burros que nem um nº de porta sabem colocar

2- O hotel não precisa de ter um técnico informático disponível para os clientes, especialmente um hotel de 5 estrelas que deve ter rede informática instalada e ela poderia usar essa... mas não, é vip e artista, pode ter extravagâncias! Mal habituada;
3- concordo contigo
4- um gesto porco sem dúvida, mas o problema é dela.

Além disso ninguém gosta de ser ridicularizado e sem razão por alguém que até admira. E ela ridicularizou os Portugueses que até a acarinharam sempre.

Isso tem um nome... ingratidão!

O que ela merecia era o desprezo português e que ninguém lhe comprasse os livrinhos que por cá vem apresentar, nem visse as peças de teatro que por cá representa... já que somos burros!

Entretanto a senhora já se desculpou publicamente...

Bruno disse...

Ela não fez mais do que muitos zelosos "tugas provincianos" fariam de viagem ao estrangeiro; comentar sobre um número de porta ao contrário e daí extrapolar sobre a capacidade intelectual de determinado povo, confundir ciprestes com "pinheirinhos", comentar sobre a ineficácia de supostos especialistas em informática num hotel de cinco estrelas, comentar de forma jocosa sobre figuras históricas de determinado país. E quem nunca fez coisa igual em país estrangeiro e se calhar até gravando isso num vídeo caseiro para exibir perante amigos que atire a primeira pedra. E se estão admirados com o facto de ela cuspir numa fonte imitando a gárgula, pensem em quantos portugueses poderão já ter mandado uma mijadela nos Campos Elísios, ou nas imediações do Coliseu de Roma ou em Hyde Park. Ou no Manneken Pis, a estátua da criança que faz xixi que existe em Bruxelas.

Acho ridícula a polémica em volta deste assunto. Aliás, acho que o país anda com falta de assunto desde que passaram as eleições (embora pareça que já voltaram os despedimentos colectivos às empresas portuguesas, talvez deixemos de nos preocupar com vídeos caseiros de actrizes brasileiras e passemos a preocupar-nos com os verdadeiros problemas que insultam os portugueses. Os verdadeiros insultos estão noutras coisas e não vejo ninguém tão pró-activo e agindo com tanto zelo, quase como polícias da honra lusa. Mexam-se pelo que interessa...)

Cirrus disse...

Afectado, ela podia pelo menos saber que estava em Sintra, local esotérico onde um nº3 ao contrário quer dizer muito mais do que ela, pelos vistos, pode sequer imaginar.
Podia também saber que os hotéis não são lojas de informática - porque, ao que parece, todos os hotéis no Brasil o são (o tanas!).
Podia também saber que Salazar esteve no poder muito mais que vinte anos, e que o Brasil esteve debaixo de ditadura militar outros tantos.
Cuspir numa fonte fica-lhe bem, é do seu nível.

Já agora, também poderia saber, já que ainda hoje disse que "ama Portugal", que ainda ontem houve um incêndio numa favela em S:paulo onde arderam 4500 barracas! C'um caraças! Que evoluído é o Brasil!!

E já agora, poderia também visitar os milhares de bordeis que transbordam de compatriotas suas, aqui a "trabalhar"... Colegas de profissão, diga-se...

Bruno disse...

Só uma achega ao meu comentário anterior: enviei uma mensagem à Maitê, antecipando a possibilidade de ela querer regressar a Portugal, e querendo protegê-la de uma eventual possibilidade de apedrejamento, oferecendo-lhe guarida nos meus aposentos. Tenho aqui por casa um quartinho mesmo à medida dela e até possuo extensos conhecimentos de informática.

LBJ disse...

Não me exaltou a veia patriótica e é verdade que temos problemas maiores com que nos preocupar mas acho que quem se cala consente e vê lá se a senhora não se veio já retratar... ;)

Abraço

ADEK disse...

Se alguma vez eu tivesse gostado dela, era capaz de me sentir indignada comigo própria por ter dado mais crédito a uma pessoa que faz coisas ridículas destas (porque sim, considero este vídeo ridículo e infantil, tal como considero muitos dos que se fazem por cá). Mas não... Nunca vi uma novela dela, nunca li um livro dela (com isto tudo aprendi que ela também escreve!) e não me parece que alguma vez tenha chegado algum centimo meu a ela, ou algum sentimento de apreço. E tudo continua na mesma! Interessa-me lá que ela ou que todos os brasileiros gozem com Portugal?? Estou habituadíssima a "sofrer" algo parecido com a minha terra e já me indignei por isso, mas agora é-me indiferente. (Repara lá se nas novelas portuguesas, ou qq tipo de programa que surja aqui das Lisboas (:P) que meta uma personagem parolinha com xutáque carregado axinheee e das bem burras não diz logo que vem de Viseu? É tal e qual o mesmo... Meus irmãozinhos portugueses: visitem Viseu, e indignem-se também pelo que se faz cá pela nossa terrinha tão pequenina!*

afectado disse...

pduarte, claro, e eu digo no meu post que o vídeo é de gosto muito duvidoso e que o cuspir na fonte só demonstra que é uma porca. quanto ao humor, o teu é bem melhor, acredita.

afectado disse...

pronúncia, o vídeo passou num programa de televisão que pelo que percebi ela também apresenta.

quanto ao número, até parece que nós não éramos capaz de gozar com isso noutro país...

quanto ao hotel, não me apoquenta nada, devia era ter dito o nome do mesmo... mandar o porteiro, motorista, ou lá o que era, para ver a ligação dela à net é no mínimo caricato.

é um vídeo de gosto muito duvidoso, que revela acima de tudo uma falta de habilidade para qualquer coisa do género do humor. agora, fazermos disto o que se fez... é uma coisa que me ultrapassa.

afectado disse...

bruno, pouco mais tenho a acrescentar.

de repente fiquei com a sensação que as ruas portuguesas não estão cheias de escarros verdes e amarelos a cada dois metros de desenvolvimento!

afectado disse...

cirrus, isso do número 3 foi um pormenor que ela encontrou e aproveitou. claro que pode haver razões para isso. mas é normal que não tenha pensado nisso e tenha satirizado...

na notícia que linkei, dizem que ela refere que o salazar esteve no poder cerca de 20 anos, quando o que ela diz é mais de 20 anos. são coisas diferentes e até nisso está a haver um aproveitamento para exagerar.

e isso não me choca, pois para ser honesto eu não sei quanto tempo o brasil esteve sob ditadura. serei obrigado a saber?

e claro que o brasil tem muito por onde se cuidar, e que nós por cá ainda apanhamos com muita corja de lá.

mas nós não gozamos muitas vezes com os americanos? acho que sim.

afectado disse...

bruno, ao que se conta dela, as tuas hipóteses de sucesso são muito elevadas :)

afectado disse...

lbj, o alarido foi tanto que ela só tinha duas hipóteses: ignorava isto tudo e esquecia portugal; pedia desculpa para ver se acalmava um pouco os ânimos exageradamente exaltados.

afectado disse...

adek, viseu, alentejo, e tantos outros exemplos.

e quando gozamos com os americanos? até parece que nunca o fazemos...

Maldonado disse...

A malta deve andar com falta de assunto, pois o tal vídeo já tem dois anos.
Muito gostam os portugueses de se indignar com futilidades!
O que ela disse não me atinge nada, além disso na nossa praça há muitas cala-te e chupa como ela que dizem bacoradas piores e ninguém se chateia com elas porque são da socialite, vai-se lá saber porquê...
Recomendo-te a leitura destes dois posts:

http://bitaites.org/cromos/o-video-ofensivo-da-maite-proenca

http://bitaites.org/reedicoes/para-quem-diz-que-vai-votar-pnr-por-causa-da-maite

loira disse...

Foi uma forma de camuflar os resultados das autárquicas com uma polémica para distrair o povo...

É difícil fazer comédia e ela não foi muito feliz nessa tentativa!

Cirrus disse...

Afectado, tu e eu gozamos com muita coisa, mas não colocamos vídeos na TV com isso. Eu, pelo menos, não.

E ainda aqui há dois ou três meses, quando surgiu a polémica das brasileiras a trabalhar em Braga, toca de defender as pessoas. Para quê? O que ganhamos com isso? Este tipo de agradecimento?

Nem tu nem eu sabemos quanto tempo esteve a ditadura militar no poder no Brasil. Acaso me vês a falar disso? Gozar com o túmulo de Vasco da Gama, um dos maiores heróis mundiais?? Só de quem ficou a dever muito à história, diga-se...

Isto tudo para dizer: não me importo que gozem comigo ou com Portugal, desde que me deixem defender. E há coisas, como essa dos túmulos, que, deixa lá isso... É pena ela nos considerar tão burros que até servimos para ler as suas historietas cor de rosa... Isso é...

Vani disse...

A maite proença fez um video? A maite proença andava com o MST???? Estou mesmo ao lado...

Qto ao resto, rapidinho e a correr :-p, concordo em tudo contigo aqui e concordo contigo ali, embora o sentido que eu queria dar à cena não fosse o que lhe deste ;-).

Daniel Monferrato disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Daniel Monferrato disse...

O teor do vídeo comporta bem mais do que os quatro pontos que enumeraste. Tudo espremidinho, o problema não é a ignorância demonstrada, pois aceito que muitos de nós no estrangeiro faríamos o mesmo.
O problema principal reside no facto dela, partindo destes exemplos específicos, extrapolar para Portugal e para os portugueses.
O problema, reside no facto dela ser uma figura pública, logo no Brasil tudo o que ela diz ganhará uma outra dimensão.
Seria a mesma coisa que dizermos que as brasileiras são todas putas, com base naquelas que por cá andam nessa vida...

Allie disse...

Como portuguesa, senti-me ofendida com o vídeo. O nosso país, como todos os outros, tem os seus defeitos, mas comparado com o Brasil, tem muitos pontos positivos, principalmente a nível de segurança e cuidados sociais. Não acho piada nenhuma vir uma estrangeira gozar, satirizar e criticar publicamente um país que sempre a acolheu da melhor forma.

Em tua casa podes criticar ou fazer piada com alguém da tua família, mas com certeza não vais aceitar que um estranho vá fazer o mesmo publicamente, pois não? É assim que eu entendo. Ela, como visita e convidada, foi muito mal-educada e ingrata. Gozou com o povo que tanto lhe dá a ganhar. Não estamos a falar de uma conversa que ela teve com algumas amigas na mesa de um café onde criticou alguns aspectos do país que visitou. Não. Estamos a criticar o facto de uma figura pública, tão conhecida nos 2 países, ter feito um vídeo, apontando alguns pormenores que noutras circunstâncias seriam de rir, e dar-lhes uma conotação negativa e onde abrange todos os portugueses.

Isto não são os Mosqueteiros onde todos pagam por culpa de um!

afectado disse...

maldonado, o que eu vejo naquele vídeo é que a maitê proença não tem jeito nenhum para o humor, e confunde-o com brejeirice. de resto não dou importância aquilo...

afectado disse...

loira, ela foi totalmente infeliz pois aquilo não teve piada alguma. mas é apenas isso, não precisamos marcar uma guerra...

afectado disse...

cirrus, as brasileiras que estão em braga não precisam de defesa, até porque em alguns casos não têm defesa possível.

claro que o vídeo é de mau gosto, não tem piada alguma, etc. mas não é tão ofensivo como se está a fazer parecer. hoje li a noticia sobre isto que vinha no JN e aquilo está cheio de exageros e adulterações das palavras dela. dizem que ela disse que salazar esteve no poder cerca de 20 anos (errado) quando ela disse que ele esteve mais de 20 anos (certo). entre outras coisas. e algumas pessoas estão a embarcar no aproveitamento da comunicação social...

afectado disse...

vani, acorda para o mundo :)

afectado disse...

daniel, e por cá não há quem diga isso das brasileiras? não falta quem o diga...

afectado disse...

allie, eu não acho que ela o tenha feito com essa intenção maléfica, mas sim para ter alguma piada. o problema é que o talento dela para o humor é zero como é bem visível no vídeo.

Aline disse...

ola! coitada da mulher, de um video estupido como aquele (é um facto) resultou uma onda de revolta ao mesmo nivel... k exagero! eu tb achei k ela teve muito mau gosto, mas pra quê sermos hipocritas quando mts de nós dizemos isso tantas vezes... enfim... ate fikei em choque ao ver o blog dela e a quantidade de insultos k lhe estao a cair em cima. lol

vejam aki
http://www.maite.com.br/blog/comentarios.php?id=44

beijinhos**

afectado disse...

aline, pois, ao escreverem insultos como os que se podem ler no blog dela, perdem qualquer razão que pudessem ter em reclamar...

Cirrus disse...

Afectado, como dizes aqui por cima da tua caixa de comentários: para parvo, parvo e meio...

Dylan disse...

"...Maitê Proença ainda estaria ressabiada pelo falhanço que terá sido o seu relacionamento com o português Miguel Sousa Tavares".

Acho que é mais ao contrário. O tipo é seboso, a todos os níveis...

Enviar um comentário

Comenta à vontade, estejas ou não de acordo com o que por cá é dito. No caso de te quereres armar em espertinho, lembra-te: "para parvo, parvo e meio". Bons comentários!

A afectar a blogosfera desde 1 de Maio de 2005. afectado@gmail.com

  ©Template by Dicas Blogger

TOPO