quarta-feira, março 18, 2009

Comprar roupa

Se há coisa que dispenso bem quando quero comprar roupa é ter o(a) empregado(a) da loja a acompanhar. Isto porque, mais cedo ou mais tarde, quando estamos inclinados para comprar uma peça de roupa ouve-se sempre algo do género "é uma boa escolha, acho que lhe fica bem". Até pode ser o pior farrapo da loja, mas é sempre uma boa escolha. De tão recorrente e mecânico torna-se mais que dispensável que me venham dizer essas tretas. E no dia em que me disserem "hum, não me parece bem, fica-lhe mal" vou estranhar tanto que o mais certo é fugir da loja e nunca mais lá voltar porque para me dizerem aquilo ou não gostaram mesmo nada de mim ou então a peça de roupa ficar-me-ia muito mais que mal...


Nota: Assina o feed deste blog ou recebe todos os posts por email. Podes também acompanhar o blog no Twitter e no Facebook.

19 Comentários:

Allie disse...

Bem, queres que digam ou não? Por acaso já fui a lojas onde a menina que me atendeou não me tentou forçar a comprar a roupa e ainda me aconselhou outras que achava que me ficariam melhor. Dessas eu gosto.

afectado disse...

allie, que não digam nada a não ser que eu as chame para pedir opinião :P

sim, também já apanhei dessas que dão a opinião, de forma válida, e sim, essas são sempre bem-vindas!

Diabólica disse...

Se há coisa que detesto é isso mesmo.

Empregadas chatas e hipócritas.

Mas, muitas vezes é imposição dos próprios patrões, chefes e afins...

No entanto, o preferível é só virem até mim se as chamar!

Beijinhos.

Manuel de Jesus disse...

Não te preocupes que pelo andamento da crise, muito rapidamente todo o comercio vai ser convertido em “self services”, ainda vais ter saudades do tempo em que os empregados te maçavam.

afectado disse...

diabólica, claro que só fazem isso por ordens superiores...

afectado disse...

manuel de jesus, não digo que não...

ipsis verbis disse...

Também dispenso. Mas faz parte do trabalho delas,(às vezes exigido pelos chefes) e quando há comissões em jogo, vêm quase todas ao molho feitas bouquet...

afectado disse...

ipsis verbis, pois, todos cumprimos o que os patrões mandam se queremos conservar os nossos postos e por isso eu percebo-as. mas que irrita... :)

claudia oliveira disse...

eu ja fui vendedora, ja fui mentirosa e ja perdi a paciencia para as duas

afectado disse...

claudia, então percebes-me bem :D

Pronúncia disse...

nas lojas de roupa já vais encontrando empregados que dão opiniões válidas e nem são chatos, pelo menos nas de mulher.

Também não gosto de ver o empregado a gravitar à minha volta tipo satélite.
E não são só os das lojas de roupa, os de restaurantes que não desamparam a mesa também me enervam...

de Marte disse...

a atitude é esta: esticar o braço, mostrar a mão num sinal de "talk to the hand" e dizer:
- obigada, se eu precisar de ajuda, peço.


:)

é limpinho!!!!!


(olha, coisa q n tem nada a ver, mas tu q és dado à actualidade que me dizes acerca disto? http://tecnologia.pt.msn.com/noticias/article.aspx?cp-documentid=15051013
beijo)

afectado disse...

pronúncia, então esses dos restaurantes. há um em especial que me enerva e foi por um fio que não o chamei à atenção.

ainda por cima se estiveres acompanhada, e a outra pessoa acabar de comer mais rápido que tu, vem e tira-lhe o prato estando ainda tu a comer. parece que está a despachar...

afectado disse...

de marte, da próxima assim farei :)

digo que há malta muito estranha (quer ele que deixou, quer os médicos que sugeriram). e quando a namorada quiser fazer um backup de memória... onde deverá ele meter o dedo???? :P

de Marte disse...

AI MEU DEEEEEEUS!!

Não se aprende nada neste bloooooooog!!!

Então eu a pedir-te uma opinião válida, sólida e séria e vens tu com o backup?? Acho que o termo "backup" já diz muito sobre onde o local... anatomicamente falando. :P

É que só tu para te lembrares...
:)

kiss

André disse...

Mas afinal queres sinceridade ou não!

Por isso é que escolho sempre lojas com gajedo que seja agradável à vista, ao menos assim sempre dá para ir tirando um dedo de conversa.

afectado disse...

de marte, nunca disse a ninguém que se aprende algo aqui :)

e se dizes isso assim, ainda coro :P

quanto à opinião válida, acho uma coisa parva que só mesmo um bando de parvos (médicos e parvo da pen no dedo) se poderiam lembrar :)

afectado disse...

andré, sinceridade com uma opinião válida? claro!

o que eu disse no post, é que não preciso das que dizem sempre maravilhas de tudo. e depois disse que num dia que uma me diga algo noutro sentido, até vou fugir porque me deve ficar horrivel (tendo em conta que normalmente elogiam sempre).

TeddyLover disse...

Eu também não gosto que me aborreçam. E até podem dizer o que quizerem. Só depois de vestir é que sei se gosto porque posso gostar e depois não gostar de me vêr com a peça de roupa.

Enviar um comentário

Comenta à vontade, estejas ou não de acordo com o que por cá é dito. No caso de te quereres armar em espertinho, lembra-te: "para parvo, parvo e meio". Bons comentários!

A afectar a blogosfera desde 1 de Maio de 2005. afectado@gmail.com

  ©Template by Dicas Blogger

TOPO