quinta-feira, janeiro 24, 2008

1/2 Leite e Uma Torrada - Dedicado às minhas amigas

Dedicado às minhas amigas, que vivem momentos de terror sempre que conheço alguém! :-D

TEORIAS COMPROVADAS*

Vivemos numa época que o termo «relação» é muito vago. Ter uma relação com alguém já não significa namoro ou compromisso. Ter uma relação com alguém pode ser apenas aquilo a que chamam de «amizade colorida», ou seja, umas quecas consentidas em regime de exclusividade.

Como saber se aquele rapaz não anda com mais alguém? Que não somos apenas o «aquecedor» temporário? Que as palavrinhas amorosas têm de facto significado?

1ª Sábado à noite e Domingo à tarde ainda são sagrados

Bem, apesar de hoje não haver tanta «rigidez» nos compromissos e ambos serem livres para terem hobbies e saírem com os amigos sempre que lhes apeteça, quem tem um compromisso assumido, por norma, sai com a sua cara-metade aos Sábados à noite e/ ou aos Domingos à tarde regularmente. (Não vamos entrar aqui com excepções por causa da vida profissional. Pessoas que trabalhem num horário normal de 2ª a Sexta, costumam sair e descomprimir aos fins-de-semana.)

Imaginem que conhecem um rapaz simpático, bonito… mas que tem sempre compromissos inadiáveis nestas alturas. Uma… duas… à terceira é de desconfiar.

Vão por mim, se está mesmo interessado, se quer mais que umas quecas ou cafés rápidos, ele facilmente arranjará tempo para vos incluir no fim-de-semana e fazerem planos mais alargados.

Telefonar nestas alturas também é uma boa forma de comprovarem a situação. E porquê? Porque se estiver com outra pessoa, que não sejam os amigos, não vai atender ou, caso o faça, será muito vago e «sempre a despachar». Mas, atenção, uma situação pontual não dita a regra. Mas muitas vezes do mesmo, só não vê quem não quer ver. Além do mais, mesmo que não signifique que ele tem alguém (mais importante), pelo menos mostra que o interesse está mesmo no «aquecedor».

Que mais posso dizer? Been there, done that. ;-)

*Pela autora.

Texto escrito por Allie.


Nota: Assina o feed deste blog ou recebe todos os posts por email. Podes também acompanhar o blog no Twitter e no Facebook.

7 Comentários:

luafeiticeira disse...

Esse é um bom conselho, não para mim...
Os Dalton continuam, diverte-te.
jocas

afectado disse...

Tu és tramada... até as amigas fazes sofrer!!! :P

Ana disse...

O sábado á noite, nem tanto... mas a tarde de domingo é tiro e queda! E digo isto porquê? Porque, e falando do meu caso, o sábado á noite é mesmo aquele momento reservado á companhia dos amigos. Muito dificilmente combinaria algum encontro amoroso para um sábado á noite, a não ser que não tivesse mesmo qualquer outro plano. Mesmo agora, com o meu gajo, funcionamos assim: sábado á noite é para os amigos! Muitas vezes acabamos por nos cruzar todos nos mesmos sítios, mas continua cada um na sua.
Já o domingo á tarde... epá, um gajo que se corte ás tardes de domingo é de desconfiar, de facto, porque é o dia em que temos sempre mais tempo para estarmos com quem queremos. Quem não pode... é porque já tem onde estar.

Bjinhos

Juneau disse...

engraçado...

acho que poderia ajudar-te a escrever sobre gajos esquisitos...aqueles que não te calham a ti, calha(va)m-me a mim!
enfim, decidi tirar a parte da risota para lembrança pq se fosse para deprimir para sempre por isso, já tinha dado entrada nos anti-depressivos (e de forma crónica).

Expões os factos de forma bastante clara, gostava de ter lido este texto ha uns meses atrás...se calhar teria acordado para a realidade da ausência de iniciativa para combinar coisas e a sobreposição da "vontade de não fazer nada ao domingo à tarde" sobre a "vontade de estar contigo".

se, ao menos, pudesse dizer que era do foro sexual, mas acho que nem por ai iria!olha...foi-se!

:)

gosto da forma como escreves, eu continuo por cá a ler.
*

Allie disse...

Ana

Minha amiga... acredita, por estas bandas o Sábado ainda conta, se não for mais para se encontrarem para um jantar e depois vão ter com os amigos, ou então, a melhor forma de estar com ele e conhecer os amigos. Nunca fui muito rigorosa nesse aspecto e por isso tive a minha dose de palitos...

Juneau

Fiquei na dúvida se o elogio era para mim, ou para o anfitrião, o Afectado. Mas... agradeço por ambos. eheheh

(Já agora, manda as dicas... para futuros posts.)

afectado disse...

Allie, o elogio da juneau foi para ti.

E é bem merecido :)

Juneau disse...

sim, para a escritora!e claro, p o proprietario do espaço pelo convite!

não posso partilhar assim mto abertamente as minhas desventuras amorosas, nao quero por ninguem triste, revoltado ou seja la o que é que lhes acontece (ego ferido!?), ao deparar-se com palavras conhecidas!

mas aqui fica apenas um testemunho, bastante light, sobre um dos individuos (com mtaaaa imaginação) que se cruzou no meu caminho:

personagem, com quem nunca sai p alem de uma saida pós-jantar de amigos em comum, que criou um total enredo em que eu andava LOUCA POSSUIDA (devia ser um desejo...upaupa) atras dele, que nao o largava e que estava sp a tentar contacta-lo, quando era ele que dte varios dias seguidos me ligava a convidar p ir tomar cafe, sair!ainda hj em dia, esta historia é motivo de gozo entre as minhas amigas.

mantendo-me leitora assidua, beijinho*

Enviar um comentário

Comenta à vontade, estejas ou não de acordo com o que por cá é dito. No caso de te quereres armar em espertinho, lembra-te: "para parvo, parvo e meio". Bons comentários!

A afectar a blogosfera desde 1 de Maio de 2005. afectado@gmail.com

  ©Template by Dicas Blogger

TOPO