domingo, setembro 30, 2007

João Salgueiro, o covarde armado em corajoso

João Salgueiro enervou-se com umas cornadas que o touro deu no seu cavalo (tão inocente nesta história como o touro) e decidiu enfrentar o touro a pé. Tão depressa o enfrentava como começava a fugir. Perdoem-me a sinceridade, mas todas que levou foram poucas!


Nota: Assina o feed deste blog ou recebe todos os posts por email. Podes também acompanhar o blog no Twitter e no Facebook.

8 Comentários:

Suspeita disse...

Concordo!

Kitty the Kat disse...

Ele há cada palhaço... Só se perderam as que caíram no chão.

KameraManInBlack disse...

LiNDO!!!!
só faltou o cavalo bater palmas!
:)

Nuno disse...

Só tenho pena não ser um toiro em pontas para fazer uns buraquitos nessa anta.

dezperada disse...

ele enervou-se com as cornadas no cavalinho.. o touro enervou-se com as espetadelas que ja tinha..

n tenho pena destes gajos!

Anónimo disse...

a primeira vez que um cobarde deceu do cavalo, ficou estendido no chão.

Antoniojosef disse...

"foi um acto de defesa do meu cavalo"
Ora se gostava tanto do cavalo, ele que é burro, não o punha numa arena enfrentando os touros.

Anónimo disse...

afectados são todos os que são anti-tourdas...ja viram bem as caras deles?????coitados....

Enviar um comentário

Comenta à vontade, estejas ou não de acordo com o que por cá é dito. No caso de te quereres armar em espertinho, lembra-te: "para parvo, parvo e meio". Bons comentários!

A afectar a blogosfera desde 1 de Maio de 2005. afectado@gmail.com

  ©Template by Dicas Blogger

TOPO