quinta-feira, novembro 26, 2009

Half the man he used to be*

Hoje enquanto conduzia ouvi um bocado da Prova Oral na Antena 3...o convidado era o Mário Jardel. Já todos sabemos os problemas que ele teve (tem?) com drogas, jogo, álcool, etc. O que me impressionou é que não o ouvi lamentar-se, o que se ouviu foram tiradas muito "alto astral" para quem caiu num abismo como ele. Por exemplo, disse que se o Sporting o deixasse treinar amanhã de manhã e à tarde, no Sábado fazendo dupla com o Liedson em três oportunidades marcaria uma. E acrescentou que seria assim porque está um bocado destreinado. Tudo isto dito de forma nada arrogante, até algo engraçada. Isto mostra que ele, independentemente do que passou, se lembra bem do grande jogador que foi. E que até tem ideia do que poderia ter sido se não se tivesse metido por caminhos errados com as pessoas erradas. Pena que nunca se tenha apercebido naquilo que se estava a tornar e no que estava a deitar fora.

*adaptação de uma frase da música Creep dos Stone Temple Pilots.


Nota: Assina o feed deste blog ou recebe todos os posts por email. Podes também acompanhar o blog no Twitter e no Facebook.

12 Comentários:

Pronúncia disse...

E em que instantes se perdeu o Jardel...
Mas se souber isso e estiver a tentar recuperar, já não é mau de todo.
Desejo-lhe que consiga, porque não deve ser nada fácil!

Li algures que agora vai ser actor!

Raul disse...

È claramente um caso perdido. Quando falta a inteligência o resto vem por acréscimo...

Gingerbread Girl disse...

Poizé... se bem que os jogadores de futebol me são indiferentes. É uma profissão sobrevalorizada, a meu ver.

*

somethingfast disse...

Quando se envereda por caminhos tortuosos, raramente se tem uma percepção clara das consequências...
Apenas no rescaldo, é possivel fazer um rewind e perceber o que se perdeu (ou, o que se deixou de ganhar)!
Ele, por ser jogador de futebol e independentemente do seu Q.I., não será certamente diferente...
O que o pode (ou não), diferenciar de outros é precisamente o modo como encara o que passou e o que ainda tem pela frente...

Cirrus disse...

Não é o primeiro caso de estrelas a acabar em desgraça. E se podemos duvidar das suas capacidades intelectuais por ser jogador de futebol, o que dizer de milhares de artistas que acabaram assim? Ou vão-me dizer que Pessoa e Camões tinham um QI pequenino?

afectado disse...

pronúncia, fácil não é... de certeza!

afectado disse...

raul, esperemos que não!

afectado disse...

gingerbread girl, o facto de ser jogador de futebol é acessório ao post. o conteúdo seria semelhante se ele tivesse sido um dos melhores noutra área qualquer.

afectado disse...

cirrus, se calhar não sabem lidar com o sucesso...

afectado disse...

somethingfast, pois, pareceu-me que ele encara com optimismo o futuro. mas se calhar sempre encarou assim e viu-se no que deu...

Vani disse...

Pena mesmo, para todos os jardéis deste mundo. E todos os enkes. :(

afectado disse...

vani, pois é pena...

Enviar um comentário

Comenta à vontade, estejas ou não de acordo com o que por cá é dito. No caso de te quereres armar em espertinho, lembra-te: "para parvo, parvo e meio". Bons comentários!

A afectar a blogosfera desde 1 de Maio de 2005. afectado@gmail.com

  ©Template by Dicas Blogger

TOPO