quarta-feira, outubro 07, 2009

Kilometrossexual

Hoje de manhã tive uma reunião daquelas que demoram horas porque estão ambas as partes a "partir pedra". Isto só por si não seria motivo para um post a não ser que me apetecesse fazer um mais aborrecido que o usual. O motivo para o post é que pela primeira vez na minha vida estive numa reunião de trabalho em que estava presente um metrossexual. Não tenho nada contra essa forma de ser... o que não quer dizer que tenha algo a favor, perceba-se. O certo é que depois de sair da reunião e enquanto regressava a Braga reflecti sobre a reunião e o facto que me pareceu mais evidente é que o metrossexual bem se esforçou, mas raramente foi tido em conta o que ele dizia. Tanto pela parte da equipa da qual faz parte, como da qual eu faço parte. Fiquei com a dúvida se aquela metrossexualidade toda não lhe afectará um bocado a credibilidade do que diz. É que se toda gente sabe que fica mal ir a reuniões com calças rotas ou com os boxers à mostra, nunca ninguém disse que não era também desaconselhável comparecer nas reuniões no expoente máximo da metrossexualidade. E mais, acho que já se justifica estabelecer outro nível nesta variante... a metrossexualidade já é de tão elevada intensidade em alguns casos, que já será mais apropriado usar o termo kilometrossexual!


Nota: Assina o feed deste blog ou recebe todos os posts por email. Podes também acompanhar o blog no Twitter e no Facebook.

21 Comentários:

PDuarte disse...

o mais lixado na metrosexualidade é o ter que levantar muito cedo para um "homem" se arranjar.
não é fácil.

Pronúncia disse...

Esqueceste-te de descrever o senhor! Assim sempre ficávamos com uma melhor ideia do grau de metrosexualidade...

Os metrosexuais tem as suas vantagens... especialmente quando percebem mais de cremes hidratntes, revigorantes e outros "antes" que nós (especialistas na matéria).

Vá lá, descreve-o, se faxâvor! ;)

loira disse...

Concordo com a pronúncia. Faz lá a descrição do senhor. Se calhar ficavam a olhar para a imagem e não ouviam o que ele dizia! :p

Diaboderoupacurta disse...

Para mim, metrosexualidade a mais, é mariquisse! Note-se: não e gayisse, é mariquisse, tem diferenças lol :P

Dylan disse...

Infelizmente, nos dias que correm, mede-se a credibilidade das pessoas pelo seu aspecto. Reconheço que ir a essas reuniões com um aspecto mais extravagante não será o adequado mas em países do norte da europa é comum encontar um "punk" de "Doc Martens", tatuados, ou outro tipo qualquer, em cargos de atendimento ao público. Tem a haver com mentalidades. E muitas vezes isso confunde-se com a competência.

Alguém disse...

Por acaso nunca conheci ninguém assim... Mas confesso que tamanha, e à falta de melhor termo, extravagância me iria confundir um pouco. Se calhar nem eu estou mentalizada para compreender algo assim, talvez por ainda não me ter visto numa situação dessas, daí compreender o que dizes acerca da pouca credibilidade que ele teve na vossa reunião...
De resto, concordo com o Dylan e até dou com um exemplo com que há dias me deparei. Estava em diligências no tribunal judicial de Braga com o meu patrono e outra colega quando avaliamos uma advogada como recém e inexperiente exactamente pela extravagância da sua roupa. Era mulher e em mulheres até se nota menos, de modo que com homens deve ser muito pior...

beijinhooo

ADEK disse...

A sociedade só avançou enquanto as mulheres demoravam mais tempo a arranjar-se:P Com Kmsexuais não sei, não...*

Crayon disse...

Eu sou da mesma opinião...a metrossexualidade tira a piada ao homem... não é que eu goste de homens a cheirar a cabalo e com mais pelos que um macaco, mas tudo tem q ter um meio termo, porque andar com gajo ao lado que pensa mais no cabelo que nós mulheres...NAO TEM PIADA NENHUMA... :P

Bjito

Aline disse...

ola! não é k eu tenha nada contra gays, mt pelo contrario, mas sofri uma das desilusões da minha vida quando percebi k os metrosexuais k andam por aí na verdade são gays(nao quero dizer k n ha excepçoes)! E logo eu k apreciava tanto um homem com um estilo metro... :( Enfim... Estou na fase de aceitação desta realidade...
Beijinhos :)

afectado disse...

pduarte, realmente, abdicar de uns minutos na cama para se aprumarem todos... tss tss!

afectado disse...

pronúncia, não ia agradar, aposto.

afectado disse...

loira, não vale a pena, não gostarias...

afectado disse...

diaboderoupacurta, percebi-te perfeitamente ;)

afectado disse...

dylan, eu não julguei de forma alguma a competência dele. mas que me pareceu que a sua figura não era muito considerada nas opiniões, isso pareceu.

afectado disse...

alguém, no fundo tem que haver algum bom senso...

afectado disse...

adek, se os kilometrossexuais são o futuro, então o futuro está perdido :P

afectado disse...

crayon, o problema é que há muita gente a pensar que quem não gosta da metrossexualidade é porque gosta de cheirar a cavalo. o cu não tem nada a ver com as calças. quem pensa isso (e há quem o pense), não tem noção nenhuma do que diz.

afectado disse...

aline, nem todos o são.

RED disse...

Pormenores precisam-se, sff.

RED disse...

Voltamos às letrinhas?

afectado disse...

red, respondi na tua casa :P

Enviar um comentário

Comenta à vontade, estejas ou não de acordo com o que por cá é dito. No caso de te quereres armar em espertinho, lembra-te: "para parvo, parvo e meio". Bons comentários!

A afectar a blogosfera desde 1 de Maio de 2005. afectado@gmail.com

  ©Template by Dicas Blogger

TOPO